Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

CHINA - FEIRA DE CANTÃO

A Canton Fair é a maior feria do mundo, é celebrada na cidade de Guangzhou, sul da China, duas vezes ao ano, em Abril e Outubro, e cada edição consta de três fases de cinco dias cada uma, com separação de três dias entre fases. Nela  é possível  encontrar praticamente todos os produtos do mercado.

Segundo os dados de Outubro de 2012, houve aproximadamente  59.500 estandes de 24.500 empresas expositoras que foram visitadas por quase 200.000 visitantes de 211 países diferentes. A faturação dos negócios fechados na feira e derivado de ela atingiu os 32,680 milhões de USD.

O recinto ferial está na Ilha de Pazhou, em Guangzhou. Com um tamanho superior a 1.100.000m2 dividido em duas partes, um espaço coberto de 338.000m2 com dois/três andares e um espaço ao ar livre de 43.600m2, repartido em três setores para expositores: A, B, C.












Os produtos estão divididos nas fases da feira como segue:


FASE 1
     FASE 2
FASE 3
Pequenos maquinários
Bicicletas
Motos
Peças de auto
Produtos químicos
Hardware
Ferramentas                                                     
Veículos
Máquinas para construção
Eletrodomésticos
Eletrônicos
Produtos elétricos
Produtos de comunicação
Iluminação
Materiais de construção e decoração
Artigos sanitários
Produtos para banheiro







    Artigos de cama, mesa e banho
     Artigos de decoração
     Vidros
     Móveis
     Produtos para jardinagem
     Produtos em pedras e aço                           
     Itens domésticos                
     Produtos de estética
     Artigos de higiene
     Relógios
     Instrumentos ópticos
     Brinquedos
     Presentes
     Produtos para festas
Vestuários masculinos e femininos
Vestuário infantil
Roupa íntima
Vestuário esportivo e casual
Produtos de pele couro, plumagem e relacionados
Acessórios de moda e armação
Tecidos para o lar
Matéria-prima têxtil
Tecidos carpetes e tapeçarias
Alimentos
Produtos nativos
Produtos médicos e para saúde
Aparelhos médicos descartáveis e curativos
Produtos esportivos
Produtos para viagem e lazer
Material de escritório
Calçados
Malas e bolsas



China faz empréstimos a longo prazo

Beijing, 30 ago/2013. (Xinhua) -- A economia da China está mostrando sinais de estabilização como as demandas por empréstimos de médio e longo prazos dispararam. 
Uma análise do Banco Industrial e Comercial da China, publicada pelo Shanghai Securities News na edição desta sexta-feira, disse: "Uma série de dados econômicos indica que as últimas medidas adotadas pela China para estabilizar o crescimento, reestruturar a economia e promover a reforma estão surtindo efeitos."
Os novos empréstimos denominados em yuan, moeda chinesa, somaram 699,9 bilhões de yuans (US$ 113,4 bilhões) em julho, 159,8 bilhões de yuans mais que um ano atrás, segundo os dados do banco central.
"O crescimento dos empréstimos de médio e longo prazos enviou um sinal de que a demanda das empresas chinesas está aumentando e a economia real pode se estabilizar", disse o relatório.
O relatório revela que outros dados econômicos, como a produção das fábricas e o comércio exterior, também deram sinais de que a economia chinesa pode estar se estabilizando após uma desaceleração prolongada.

Fonte: Embaixada da Rep. Pop. da China no Brasil

Engenharia na China

Na China estão as maiores pontes do mundo, veja no link essas maravilhas.

https://www.dropbox.com/s/4mh4vxe7j572d1a/Amazing%20Bridger%20of%20China.pps

Conheça essas belezas de perto..........viajando com a Chinatur

China favorece comercio eletrônico

Governo chinês favorece comércio eletrônico para revitalizar exportações.

O governo chinês adotou recentemente uma nova política para favorecer as exportações varejistas através do comércio eletrônico transnacional.

Fonte: CRIOnline em 30/08/2013


quinta-feira, 29 de agosto de 2013

China baterá meta de crescimento em 2013

No primeiro semestre, a economia da China cresceu 7,6%, à frente da meta oficial de 7,5%. 

Pequim - A China usará medidas específicas para atingir a meta de crescimento em 2013, afirmou o diretor da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China, Xu Shaoshi. Para ele, o país será capaz de cumprir as suas metas econômicas e sociais neste ano.

Em um relatório ao Comité Permanente da Assembleia Popular Nacional, Xu afirmou que na segunda metade de 2013, a China vai avançar com a reforma dos preços dos recursos naturais e dos impostos sobre o carvão e outros recursos. Além disso, ele disse que o governo chinês vai acelerar as mudanças do financiamento do investimento ferroviário e tomará medidas para estabelecer a reforma do sistema fiscal.

No documento, Xu ainda afirmou que o governo chinês aceleraria o desenvolvimento de um sistema de seguro de depósito e que estaria pensando em permitir que mais instituições financeiras privadas fossem criadas.

Xu disse que a China vai melhorar os instrumentos que compõem a taxa de câmbio, mas garantiu que o BC chinês espera manter o yuan "basicamente estável em um nível razoável e equilibrado".

Fonte: Dow Jones Newswires, em 29/08/2013

Lao-Tsé - conheça suas frases

Frases de  Lao-Tse "Nascido em Li-Erl, filho de uma humilde família chinesa; sua peregrinação pela China, país em constante aprendizado, sua conscientização dentro de um elevado saber, sua consagração como superior dos Lamas e chefe espiritual de toda a China."

Frases de Lao-Tsé
O homem sábio rejeita o excesso, rejeita a prodigalidade, rejeita a grandeza.
Aquele que sabe não fala; aquele que fala não sabe.
Uma longa viagem de mil milhas inicia-se com o movimento de um pé.
Não há culpa maior do que entregar-se às vontades, não há mal maior do que aquele de não saber contentar-se, não há dano maior do que nutrir o desejo de conquista.
O motivo pelo qual não é fácil para as pessoas viverem em paz está no fato de saberem demais.
Outra imagem conhecida de Lao-Tsé 
Sua imagem mais conhecida o representa sobre um búfalo (o processo de domesticação deste animal é associado ao caminho da iluminação nas tradições zen budistas).
fonte: Internet

Brasil e China encontram-se na encruzilhada da Globalização.

O Brasil busca mudar o seu padrão de crescimento com menor dependência no consumo interno e maior ênfase em investimentos. A China está crescendo menos, mas talvez melhor. Tem se reorientado para a produção de bens de maior valor agregado, mais incentivos ao mercado interno e portanto menor dependência nas exportações.
A China tem adotado desde 1978 um modelo de industrialização voltado a exportações. O Brasil tem praticado diferentes variantes da estratégia de substituição de importações. Os chineses buscaram acordos comerciais (inicialmente na forma de tratamento de sua economia como “nação mais favorecida. Implementaram desde os anos 80 PPPs (parcerias público-privadas) voltadas à infra-estrutura para o comércio exterior e administraram para baixo o câmbio e a remuneração dos fatores (o valor pago pela mão-de-obra, por exemplo). Já o Brasil recorre frequentemente ao protecionismo, alento ao mercado interno e incentivo em compras governamentais ao conteúdo local.
O Brasil está entrando numa fase de “Reglobalização” marcada não apenas pelo novo status da China como superpotência econômica, mas também pela “reemergência” dos Estados Unidos e seu papel de liderança no desenho de megaespaços de comércio e investimentos, como é o caso da Aliança Transatlântica (EUA + Europa) ou da Parceria Transpacífico (EUA + alguns países de Ásia, Oceania e América Latina). Parece-me que a China está mais bem preparada para jogo que vem por aí do que o Brasil, e isso vai refletir-se na progressão da renda per capita de ambos.
A China tem acelerado sua adaptação criativa e, mediante exuberantes superávits comerciais e sucessivos excedentes orientados estrategicamente à pesquisa, desenvolvimento e inovação, está aproximando-se do centro denso em tecnologias. Já lidera o mundo em energia solar, por exemplo. Em 2020, chegará à marca de 2,5% de seu PIB voltados à inovação, superior portanto à media de 2,1% dos países da OCDE. O Brasil continua no patamar de apenas 1% de seu PIB em pesquisa, desenvolvimento e inovação.
Caso o Brasil não promova reformas estruturantes, sacrifícios em direção à competitividade e reforma de sua inserção global, essa “China 2.0” vai imobilizar ainda mais o Brasil na chamada “Armadilha da Renda Média”. O Brasil vai ficando muito caro para competir com os mais pobre e muito ineficiente para competir com os mais avançados e dinâmicos.

Fonte: Exame.com - entrevista de Marcos Troyjo

China e as metas socioeconômicas em 2013

O diretor da Comissão Estatal para Desenvolvimento e Reforma (CEDR), Xu Shaoshi, apresentou o relatório divulgado pelo Conselho de Estado. Ele lembrou que o plano do desenvolvimento socioeconômico está bem traçado. Os principais índices econômicos, tais como o crescimento econômico, aumento de preços e novos postos de emprego, registraram um desempenho razoável.

Fonte: CRIOnline
 

China e os membros do G20

China espera continuar relações de parceria cooperativa com membros do G20

O vice-chanceler chinês, Li Baodong, afirmou que atualmente o crescimento da economia mundial carece de força motriz. As contradições e questões estruturais refletidas pela crise financeira internacional não foram ainda resolvidas. As diversas partes envolvidas esperam que os membros do G20 continuem a construir relações de parceria cooperativa, a reforçar a coordenação de políticas macroeconômicas e a promover a recuperação da econômica mundial. O tema desta cúpula é o crescimento e emprego. Os participantes vão discutir o crescimento econômico mundial, estabilidade financeira, emprego, investimento, desenvolvimento e comércio. Xi Jinping estará presente na cúpula e vai manter encontros não oficiais com os líderes do BRICS, além de receber os líderes de outros países e responsáveis de organizações internacionais. 
A China tem participado da cooperação do G20 para enfrentar a crise financeira internacional, promover a recuperação da economia mundial, a aprimorar o gerenciamento econômico global, tendo desempenhado um papel construtivo. A China continuará a adotar políticas econômicas responsáveis para promover o crescimento da economia mundial e a cooperar com a comunidade internacional, inclusive o G20, para promover um crescimento econômico mundial rebusto, sustentável e equilibrado, ressaltou Li Baodong.

Saiba mais sobre a China...

Fonte: CRIOnline em 28/08/2013

China contribui no crescimento mundial

Ministro chinês prevê contribuição de 27% da China para crescimento mundial.

O vice-ministro das Finanças da China, Zhu Guangyao, afirmou que se a economia chinesa concretizar um aumento de 7,5%, o país estará contribuindo para 27,76% do crescimento da economia global.
Tal afirmação foi feita em uma entrevista coletiva realizada em Beijing. Zhu Guangyao apontou que segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), o PIB da China em 2012 foi de US$ 8,227 trilhões enquanto o Produto Mundial Bruto foi de US$ 71,7 trilhões. E de acordo com previsões do FMI, a economia global vai crescer 3,1% em 2013, e a China vai contribuir 27,76% quando a sua economia atingir 7,5% neste ano.
Zhu Guangyao salientou que a China confia na concretização da meta de crescimento econômico e num controle efetivo da taxa de inflação, inferior a 3,5%. Com isso, segundo ele, o povo chinês e todo o mundo serão beneficiados com o crescimento econômico chinês. 

Fonte: CRIOnline em 29/08/2013

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

BRINQUEDOS - FEIRA NA CHINA

China Toy Expo & China Kids Expo - 2013
Período: 15.10.2013 - 17.10.2013
Local: Shanghai

Descrição: A 12 ª Feira Internacional de Brinquedos e artigos para criança, a China Toy Expo será aberto entre 15 e 17 de outubro de 2013 no Shanghai New International Expo Center para mostrar mais de 200.000 brinquedos inovadores, jogos, passatempos, equipamentos de playground indoor e outdoor e material pré-escolar.
A 12 ª Feira Internacional de Brinquedos e artigos para criança, a China Toy Expo será aberto entre 15 e 17 de outubro de 2013 no Shanghai New International Expo Center para mostrar mais de 200.000 brinquedos inovadores, jogos, passatempos, equipamentos de playground indoor e outdoor e material pré-escolar.

FEIRA NA CHINA - CONSTRUÇÃO

BICES - Beijing International Construction Machinery Exhibition & Seminar
Período - 15.10.2013 - 18.10.2013
Local: Beijing


DescriçãoBICES é a maior Feira de Maquinário para Construção da Ásia em 2013 , com uma área  de 200.000 m² e mais de 1000 expositores. Trará novidades em produtos, tecnologia, material e soluções orientadas para área de Construção/Edificações/Máquinas para mineração, veículos especiais, peças de reposição entre outros estarão em exposição .

Leia mais...

China apoia livre comércio de Shanghai

Autoridades centrais da China apoiam zona de livre comércio de Shanghai.

Estabelecer a ZLC de Shanghai em resposta às novas circunstâncias é um passo importante para a reforma e a abertura, assinalou um comunicado emitido ontem após uma reunião em Beijing do Birô Político de 25 membros.
O programa colocará em prática os esforços do Comitê Central do Partido Comunista da China para explorar as novas formas de melhorar a administração, promover a transformação das funções do governo, facilitar o comércio e o investimento e aprofundar a reforma e abertura da economia, assinala o comunicado.
A nova zona terá uma área de 28,78 quilômetros quadrados e estará geograficamente ligada à Zona de Livre Comércio de Waigaoqiao, à Área de Porto de Livre Comércio de Yangshan e à Zona de Livre Comércio Integral do Aeroporto de Pudong.

Fonte: Embaixada da Republica Popular da China no Brasil

China elogia Brasil

China elogiou o desenvolvimento das relações China-Brasil nos últimos anos.
A parceria estratégica global China-Brasil testemunhou o desenvolvimento tranquilo e frequentes intercâmbios de alto nível nos últimos anos, disse Guo Jinlong, membro do Birô Político do Comitê Central do PCC. 
A cooperação entre a China e o Brasil nos mecanismos multilaterais como o G20 e o BRICS foi frutífero, disse Guo. 
Os intercâmbios parlamentares são parte importante nos laços bilaterais, apontou Guo, assinalando que a comunicação e as consultas entre o Partido Comunista da China e os principais partidos no Congresso Nacional do Brasil fizeram contribuições significativas para o fortalecimento das relações bilaterais.
Alves disse que o Brasil está satisfeito com o rápido desenvolvimento das relações com a China e a Câmara dos Deputados está pronto para promover a comunicação e a cooperação com a Assembleia Popular Nacional da China.

Fonte: Republica Popular da China no Brasil

China com lucro industrial de 11,6%.

As empresas industriais chinesas chegaram a ganhos de 419,5 bilhões de yuans.

Indústria: fábrica da Fiat na China
Fábrica de automóveis na China: a receita total subiu 11,0% para 5,6 trilhões de yuans entre janeiro e julho

Pequim - As empresas industriais da China tiveram aumento de 11,6% no lucro em julho deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, chegando a ganhos de 419,5 bilhões de yuans, informou há pouco o Escritório Nacional de Estatísticas da China.
A receita total subiu 11,0% para 5,6 trilhões de yuans entre janeiro e julho, contra alta de 11,4% no primeiro semestre. A margem bruta caiu 5,6% no acumulado do ano, em comparação a um aumento de 5,8% entre janeiro e junho deste ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte: Exame.com

terça-feira, 27 de agosto de 2013

FEIRA DE CANTÃO - Saiba Mais...

A Feira de Importação e Exportação de China, também chame-se a Feira de Cantão, sido fundado pela primavera de 1957, isso acontece todos os anos na primavera e no outono tem 53 anos de existência, é no momento a maior Feira comercial, de mais mais alto, com o melhor resultado em operações na China. É uma feira de importância internacional com tradicão e caráter multifuncional.

A zona de exportação de Feira de Cantão é composta por 48 delegações de comércio, incluindo mais de vinte mil companhias de comércio externo, fábricas, instituições de investigação científica, companhias com investimento externo, companhias com investimento completamente/ companhias de investimento único, companhias privadas de boa credibilidade e de estabilidade financeira.


VENHA CONHECER A MAIOR FEIRA DO MUNDO

The China International Green Food & Organic Food Expo

A Feira de Cantão, também conhecida como “Canton Fair” realizada todos os anos na cidade de Guangzhou, China, foi inaugurada em 1957 e hoje se tornou a maior feira multissetorial do mundo. Ela conta com 55 anos de história e é realizada duas vezes ao ano, em abril e em outubro, e alcança a sua 113ª sessão de sucesso com a mais completa variedade de expositores e compradores estrangeiros.

Principais características
  • Área útil da feira - 1 milhão m² 
  • Mais de 59 mil stands
  • Exposição de mais de 150 produtos de diversas áreas de negócios
  • Expositores - as maiores e melhores empresas da China e do Mundo

Hong Kong - China

Estenda sua viagem - Hong Kong (tour regular*)
Uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e 1,1 mil km² de área, que combina a cultura oriental com a ocidental. Sua população tem um padrão de vida comparável ao das grandes potências, com um PIB per capita de 43,8 mil dólares. O custo de vida da cidade, entretanto, é um dos mais caros do mundo.
Hong Kong, chamada de "Xianggang Tebie Xingzhengqu" pelos chineses, localiza-se em um trecho do litoral entrecortado e montanhoso do Mar da China, ideal para o porto mais movimentado da Ásia.
É o principal centro comercial da China. Possui uma economia de livre mercado, baixos impostos e mínima intervenção do governo central, seguindo a filosofia de "um país, dois sistemas".

Saiba mais.....

Fonte: Internet

China dá boas vindas a empresas de informática

China abre ainda mais o mercado no setor de publicação digital

Na abertura do Fórum Internacional de Publicação de Beijing, Wu Shulin disse que a China dá as boas-vidas a empresas estrangeiras de informática, internet e tecnologias digitais para se estabelecerem no país e aprofundar a cooperação com empresas chinesas em produção de conteúdos, pesquisa tecnológica, elaboração de padrões e proteção de direitos de autor. 

Nos últimos anos, a receita da indústria da publicação digital vem aumentando constantemente. Dados revelam que a receita total do setor ultrapassou os 190 bilhões de yuans em 2012.

Fonte: CRIOnline em 27/08/2013 

China - Instituições financeiras falam do país

A China mostrou mais evidências de um crescimento econômico mais estável que ajudará a proteger a economia de choques da recente turbulência financeira nos mercados emergentes, informou o jornal Shanghai Securities News.
 
  As grandes fabricantes do país registraram um crescimento anual de 11,6% no lucro em julho, em relação à taxa de 6,3% em junho, mostraram dados do DNE divulgados nesta terça-feira.
 
  A declaração fortaleceu a confiança sobre a recuperação econômica da China, pois muitas instituições financeiras revisaram para cima suas previsões sobre o crescimento do país no segundo semestre de 2013, de acordo com o jornal.

  Qu Hongbin, economista-chefe do HSBC China, disse que os esforços do governo beneficiarão ainda mais a expansão econômica do país nos próximos meses.

  O índice preliminar do HSBC para a indústria da China mostrou que o Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) subiu para 50,1 em agosto, recorde de quatro meses.

  O Deutsche Bank revisou a previsão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China no terceiro e quarto trimestres de 7,5% e 7,7% para 7,7% e 7,8%, respectivamente.

  O Credit Suisse revisou a previsão de crescimento anual do país de 7,4% a 7,6%, e o Goldman Sachs, o UBS, Merriill Lynch e o Barclays estão otimistas com o prospecto econômico do país, disse a reportagem.

Fonte: Agência Xinhua em 27/08/2013

China recebe representantes europeus



O vice-presidente da China, Li Yuanchao, recebeu em Beijing uma delegação dos Reformistas e Conservadores Europeus, chefiada pelo seu presidente Martin Callanan.
Li Yuanchao indicou que a prosperidade da Europa vai beneficiar o mundo e também a China. O ano de 2013 é o 10º aniversário do estabelecimento de relações da parceria estratégica entre a China e a Europa. Os dois lados devem promover as cooperações em todas as áreas. Li acrescentou que o Partido Comunista da China está disposto a cooperar com os partidos do Parlamento Europeu para promover o desenvolvimento das relações sino-europeias.
Callanan ressaltou que os Reformistas e Conservadores Europeus prestam alta atenção às relações entre a China e a Europa e apoiam firmemente as cooperações econômicas e de livre comércio entre os dois lados. Ele também expressou o desejo de conhecer mais a reforma, o desenvolvimento, a história e a cultura da China.

Fonte: CRIOnline em 17/08/2013

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Mercado acionário da China fecha em alta

O mercado acionário da China fechou em alta nesta segunda-feira depois que um porta-voz do Departamento Nacional de Estatísticas anunciou que a economia chinesa mostrou sinais óbvios de estabilização e que a China irá alcançar a meta de crescimento deste ano.

  O referencial Índice Composto de Shanghai aumentou 1,9%, ou 39,02 pontos, encerrando o pregão em 2.096,47 pontos.

  O Índice de Componente de Shenzhen cresceu 2,06%, ou 168,29 pontos, chegando a 8.334,57 pontos.

Fonte: Agência Xinhua

Feiras na China

 China Paper


Título: China Paper
Quando: 02.09.2013 - 04.09.2013
Onde: Papel e Celulose (CN - BJ) - Beijing 
A China Paper é um evento realizado desde 1987, apresenta as mais avançadas tecnologias e técnicas de produção e conta com a presença dos maiores fornecedores da indústria de papel. 
Esta feira acontece todos os anos, alternadamente entre Shanghai e Beijing, trazendo tendências e inovações em equipamentos, tecnologias e serviços relacionados às indústrias de papel. A feira apresenta mais de 400 empresas expositoras, 7.000 visitantes e atrai representantes de outros 50 países para a China. É um evento de altíssimo nível para todos empresários e empresas da indústria e uma excelente oportunidade para conhecer as tendências e as novas tecnologias do setor, ter contato direto com fornecedores, especialistas e parceiros para realizar excelentes negócios em um só local e período

CIOE - China International Optoelectronic Expo

Título: CIOE - China International Optoelectronic Expo
Quando: 04.09.2013 - 07.09.2013
Onde: Eletrônicos (CN - SZ) - Shenzhen 

China International Optoeletronic Expo, evento anual, mundialmente reconhecido por apresentar as mais avançadas tecnologias e inovações na área de opticoeletrônicos. 
 Com uma área de 100 mil m2,3.200 expositores e mais de 70 mil participantes, a China International Optoeletronic Expo é um evento de altíssimo nível para todos empresários e empresas da indústria e uma excelente oportunidade para conhecer as tendências e as novas tecnologias do setor, ter contato direto com fornecedores, especialistas e parceiros para realizar excelentes negócios em um só local e período

China acelera crescimento do lucro de empresas

Empresas estatais não financeiras tiveram lucro combinado de 212,32 bilhões de dólares entre janeiro e julho, uma alta de 7,6%

Fonte: Exame.com em 08/2013

Fábrica de produtos eletrônicos em Shenzhen, China
Fábrica de produtos eletrônicos em Shenzhen, China: empresas de eletrônicos, 
 energia, petroquímicos e construção tiveram fortes crescimento nos lucros

Pequim - O crescimento anual no lucrodas empresas estatais da China acelerou nos sete primeiros meses de 2013, mostraram dados oficiais nesta terça-feira, dando sinais de que a economia pode estar recuperando a força na segunda metade do ano.

O crescimento do lucro acelerou ante a alta de 7 por cento nos seis primeiros meses do ano e de 6,5 por cento entre janeiro e maio.

China sobe na produção diária do aço bruto

Fonte: Redação Reuters - de São Paulo
Ago/2013

aço

A produção diária de aço bruto chinesa subiu 2,7% entre 1 e 10 de agosto em relação aos últimos 10 dias de julho, para 2,14 milhões de toneladas, segundo dados da Associação de Ferro e Aço da China (Cisa) divulgados nesta terça-feira.

O país mantém produção média diária acima de 2 milhões de toneladas desde meados de fevereiro. A expansão de 2,7% foi a maior para um período de 10 dias desde a alta de 3% verificada entre 1 e 10 de maio.

China recebe ministros brasileiros em Pequim.

Fonte: Exame.com em 08/2013

Ministros vão à China em busca de investimentos em logística
Ministros Gleisi Hoffmann e Fernando Pimentel vão à China hoje para apresentar ao governo chinês o Programa de Investimentos em Logística

Locomotiva em ferrovia
Locomotiva em ferrovia: ministros vão apresentar ao governo chinês o 
Programa de Investimentos em Logística, que prevê investimentos de R$ 213 bilhões

Brasília – Os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, viajam hoje (23) para Pequim, na China, para apresentar ao governo chinês o Programa de Investimentos em  Logística, que prevê investimentos da iniciativa privada da ordem de R$ 213 bilhões – R$ 99 bilhões em ferrovias, R$ 53 bilhões em portos, R$ 52 bilhões em rodovias e R$ 8,7 bilhões em aeroportos.

No último dia 16/08, em audiência no Palácio do Planalto, o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, convidou Gleisi Hoffmann para visitar seu país. Segundo ele, empresários chineses têm interesse em conhecer de forma mais ampla e detalhada as oportunidades de investimentos em logística no Brasil, principalmente nas concessões de ferrovias.

China superará EUA em importação de petróleo até 2017

Fonte: Exame.com em 08/2013

Exploração de petróleo
Exploração de petróleo: consultoria prevê que as importações de petróleo da China subam 
para 9,2 milhões de barris por dia até 2020 ante 2,5 milhões em 2005.

Londres - A China vai superar os EUA como maior importador de petróleo bruto até 2017 com a demanda doméstica crescendo no país asiático devido ao maior uso de automóveis, disse nesta terça-feira a consultoria Wood Mackenzie.

A China está no caminho de gastar 500 bilhões de dólares anuais com importações de petróleo até 2020, superando amplamente o maior patamar de custos já registado pelos EUA com importações de petróleo bruto, de 335 bilhões de dólares, disse a consultoria em um relatório.

A consultoria prevê que as importações de petróleo da China subam para 9,2 milhões de barris por dia (bpd) até 2020 ante 2,5 milhões de bpd em 2005. As importações dos EUA, por outro lado, irão cair para 6,8 milhões de bpd ante 10,1 milhões de bpd.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

PetroChina registra alta de 5,6% nos lucros líquidos no primeiro semestre do ano

Fonte: CRIOnline em 23/08/2013

Os lucros líquidos da PetroChina Company Limited aumentaram 5,6% no primeiro semestre de 2013 na comparação anual, disse na quinta-feira a companhia.
  Os lucros líquidos atingiram 65,52 bilhões de yuans (US$ 10,62 bilhões) durante o período de seis meses, e as receitas de vendas cresceram 5,2%, registrando 1,1 trilhão de yuans, de acordo com um comunicado da companhia.
  A produção de petróleo bruto da companhia subiu 2,6% em termos anuais, chegando a 464,2 milhões de barris. Sua produção de gás natural registrou uma alta anual de 8,1%, ficando em 1,4 trilhão de pés cúbicos, segundo o comunicado.
  O aumento nas receitas da companhia resultou principalmente das crescentes vendas e preços do petróleo bruto, gás natural, gasolina e diesel, acrescentou o comunicado.
por Xinhua

Shanghai terá projeto-pioneiro de zona de livre comércio

Fonte: CRIOnline em 23/08/2013



Uma zona de livre comércio de caráter pioneiro será estabelecida na cidade chinesa de Shanghai. O projeto, autorizado pelo Conselho de Estado, foi apresentado ao público pelo Ministério do Comércio nesta quinta-feira(22).
O projeto contém quatro zonas de supervisão especial alfandegária. O governo chinês quer que o empreendimento possa reforçar a competitividade do país no mercado global e aumentar o espaço de crescimento econômico.
De acordo com as autoridades locais, com a criação da zonas de livre comércio, a China vai explorar novos modelos para a abertura ao exterior, incentivar a reforma do sistema político e promover a reestruturação da economia do país. As experiências obtidas pelo projeto-pioneiro vão servir para o desenvolvimento de todo o país.
O Conselho de Estado chinês já pediu à comissão permanente da Assembleia Popular Nacional(APN) para revisar os regulamentos jurídicos a serem exercidos nas zonas de livre comércio.

Tradução: Laura 

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Saiba um pouco da China

O que não falta na Cidade Proibida é história. Por quase 500 anos serviu como residência do imperador.
Consedere-se um privilegiado só pelo fato de você estar pisando ali. Antigamente um chinês comum não podia entrar na cidade. Tinham permissão apenas o imperador, sua família, seus oficiais e alguns empregados mais graduados. Se um chinês comum sem a devida autorização entrasse, era sujeito a execução.
Daí surge o nome, Cidade Proibida.
A Cidade Proibida também é conhecida como PALACE MUSEUM.

Também o que não falta é beleza. Pátios enormes com prédios de arquitetura típica chinesa e um imenso muro que protegia a cidade. Tudo lindo demais.

Saiba mais.......conhecendo a China pessoalmente.

Conheça uma das 7 maravilhas do Mundo Antigo.......

Muralhas da China

Quando os gregos elegeram as sete maravilhas do mundo antigo, eles não conheciam as Muralhas da China. Iniciadas há cerca de 2.700 anos, na dinastia Zhou, a construção das Muralhas buscava evitar invasões das tribos nômades do norte, na maioria, mongóis, que acabaram penetrando as muralhas.

Foram construídas e restauradas por mais de mil anos, até atingir cerca de 7 mil km, de extensão total. Em geral possuem 7,5m de altura por 3,7m de largura. Atravessam montanhas, cidades e o Deserto de Gobi. Estendem-se desde o passo de Jiayuguan (província de Gansu), lado oeste, até a foz do rio Yalujiang (província de Liaoning), lado leste.

Muralhas da China

Conheça Shanghai....

Shanghai é a maior cidade da China, com cerca de 14 milhões de habitantes. Também, um importante centro industrial e financeiro, além de seu grande porto.
Apesar da elevada densidade populacional, o custo de vida em Shanghai é bem mais baixo que em Hong Kong.
Shanghai foto

O Centro de Convenções, à esquerda, e a Torre de TV Pérola Oriental com 457m de altura, no bairro de Pudong, às margens do rio Huangpu.


Casa de Chá
Casa de Chá em arquitetura tradicional chinesa, no Yu Garden, em Shanghai (acima).

A China tem tambén um templo no topo de um prédio

Templo privado fica no alto de um edifício em Shenzhen.
Local é decorado com as tradicionais esculturas de dragões e fênix.

Fonte: G1

Um templo privado que foi construído no topo de um prédio em Shenzhen, na província de Guangdong, na China deve ser demolido, pois foi erguido ilegalmente, segundo as autoridades locais. Com vegetação ao seu redor, o templo é decorado com as tradicionais esculturas de dragões e fênix. Ele teria sido construído há pelo menos três anos.
Templo construído no topo de prédio na China deve ser demolido (Foto: Tyrone Siu/Reuters)


Se você deseja se estabelecer com um comércio na China, pode começar a pensar.....

Fonte: Época Negócios em Ago/2013

A China anuncia medidas para impulsionar comércio

China (Foto: Getty Images)

O governo da China vai estabilizar o yuan, aumentar os subsídios para importadores e emprestar mais reservas de divisas estrangeiras como parte de uma série de esforços para impulsionar a perspectiva comercial do país neste ano.

As medidas incluem estabilizar a taxa de câmbio e orientar o mercado para esperar maior movimento nos dois sentidos, assim como melhorar o mecanismo de paridade central. 

Atividade industrial da China, registrou o maior nível em 4 meses

Fonte: Valor Econômico em 22/08/2013

O índice de gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) que mede o desempenho do setor marcou 50,1 em agosto, contra 47,7 em julho. Qualquer leitura acima de 50 implica expansão.

O índice de produção industrial ficou em 50,6 em agosto, contra 48 de um mês antes. A marca mais recente foi a mais expressiva em três meses.

"O crescimento industrial da China começou a se estabilizar graças a melhorias modestas dos novos negócios e da produção", avaliou o economista-chefe para Ásia do HSBC, Hongbin Qu.


quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Dicas de viagem a Pequim

A China é um país barato pra se viajar e a moeda local é o Yuan (simbolizado por ¥).

Pequim foi sede das Olimpíadas de 2008 e por isso o governo investiu pesado no transporte público, o que vai facilitar muito a sua locomoção em Pequim.

A começar pelo Aeroporto. O “Beijing Capital International Airport” é super moderno e está nos padrões de grandes aeroportos europeus como Frankfurt e Paris por exemplo.

Fica a 27km do centro de Pequim e a maneira mais rápida e cômoda de se chegar ao centro é pelo “Airport Express”, que é um trem que conecta o aeroporto a estação DONGZHIMEN do metrô em aproximadamente 20 minutos.

O metrô de Pequim é eficiente e barato.

Táxis são fáceis de encontrar pelas ruas de Pequim. Moto-taxis e riquixás você encontra em regiões de menor movimento e muito tradicional na China são as bicicletas.


IMPORTANTE:  tenha impresso em mandarim o nome e o endereço do seu hotel.



Lançada campanha de proteção a Rota da Seda - China

Apoiada pela Unesco, a campanha "Protegendo Dunhuang" levará jornalistas profissionais, pesquisadores e repórteres cidadãos a uma jornada exploratória ao maior sítio de patrimônio natural e cultural ao longo da Rota da Seda, incluindo Grutas de Maijishan (Montanha Wheat Stack), Passagem Jiayuguan e Cavernas Mogao em Dunhuang.
"Esta campanha é uma oportunidade de aumentar a consciência pública sobre a herança cultural ao longo da Rota da Seda e atrair a atenção pública para a proteção do patrimônio mundial na China como um todo".
A Rota da Seda é uma rede de antigas rotas de comércio terrestre que se estende por todo o continente asiático e liga a China ao Mar Mediterrâneo.
Vários trechos da Rota da Seda foram adicionados à lista de futuros candidatos potenciais para a Lista de Patrimônio Mundial neste ano. A China tem atualmente 45 locais inscritos na Lista.

Fonte: Agência Xinhua

Ministro chinês da Defesa se reúne com homólogo norte-americano

Fonte: CRIOnline em 21/08/2013



O conselheiro de Estado e ministro da Defesa Nacional da China, Chang Wanquan, que está em visita aos Estados Unidos, se reuniu nesta terça-feira (20) com o secretário norte-americano da Defesa, Chuck Hagel. Eles trocaram opiniões sobre relações militares bilaterais e questões regionais e internacionais.
Chang Wanquan disse que a China e os Estados Unidos devem construir um novo relacionamento militar correspondente ao novo tipo de relação entre as potências, com base no respeito, confiança, benefícios recíprocos, desenvolvimento geral, bem como em abertura e tolerância.
Hagel disse que seu país dá muita importância às relações militares com a China. Segundo ele, os dois exércitos devem aumentar a confiança e aprofundar cooperações para enfrentar conjuntamente os desafios.
Ainda na terça-feira, Chang Wanquan se reuniu com a assessora de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Susan Rice.

(tradução: Shi Liang

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Chanceler diz que desenvolvimento da China é reforço para paz mundial

Fonte: CRIOnline

O chanceler chinês, Wang Yi, se reuniu nesta segunda-feira (19) na capital do Cazaquistão com o seu homólogo do país, Erlan Idrisov.

O chanceler enfatizou que o desenvolvimento da China é um reforço para a paz mundial, com a defesa da justiça nos assuntos internacionais e dos princípios da Carta das Nações Unidas. Ele acrescentou que o país se dedica firmemente para manter um bom relacionamento com outros países em desenvolvimento.
O diplomata do Cazaquistão, por seu lado, comentou que a China está numa fase vital para seu desenvolvimento. Ele disse esperar que o país possa desempenhar o seu papel nos assuntos internacionais e regionais.

Tradução: Isabel Shi

China facilita saída e entrada do país para profissionais qualificados estrangeiros

Fonte: CRIOnline em 20/08/2013

O Ministério de Recursos Humanos e Segurança Social da China anunciou nesta terça-feira (20) o processo de tratamento de vistos e residências e restantes mecanismos para os qualificados estrangeiros de alto nível, junto com o Ministério de Segurança Pública, Chancelaria e outros departamentos concernentes.
Segundo a informação avançada, os departamentos vão tratar rapidamente dos trâmites relativos a visto, residência e residência permanente para talentos estrangeiros e seus familiares.

Tradução: Catarina Wu

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

As maravilhosas porcelanas chinesas

Entre muitas curiosidades quando se viaja pela China, são suas porcelanas que foram utilizadas em várias cerimônias, no link abaixo, você poderá se sentir um pouco chinês, apreciando essas belezas.

https://www.dropbox.com/s/6drjstivkkm7qvm/Porcelana%20Chinesa%20Arte.pps

Curiosidades de Pequim

Considerada um dos berços da civilização, a China também carrega rica história e herança cultural. Entre suas tradições mais marcantes, estão as artes marciais, a astrologia, a comida exótica (inclusive à base de insetos), as porcelanas finas, a estilosa caligrafia, a pólvora, a bússola, a fabricação de tecidos, a fundição de ferro e bronze, a indústria naval e muitas outras tecnologias e técnicas que os chineses inventaram antes do Ocidente. Engana-se quem pensa que o futebol é criação inglesa. A origem desse esporte remonta há 2,5 mil anos justamente na China.

http://www.chinatur.com.br/chinatur2.0/info_china2.1.php?id=6

Entre suas principais cidades esta Pequim, local de diversos templos, museus, monumentos, jardins, shoppings, bares, restaurantes, baladas e outros pontos de interesse que se espalham pela cidade. Não à toa Pequim já é hoje um dos destinos mais visitados do planeta. Afinal, lá estão os principais atrativos turísticos da potência que mais cresce. Uma viagem ao Oriente não é completa sem passar por Beijing, um lugar agora para ir e voltar muitas vezes. 

Cerimonia do chá na China

Quando estiver em Beijing (Pequim)

http://www.chinatur.com.br/chinatur2.0/info_china2.1.php?id=6,

não deixe de participar da Cerimônia do Chá.

Cultura

A cultura do chá

O chá é a bebida oficial da China, sendo a cerimónia do chá uma das  maiores contribuições para a cultura mundial. Com quatro zonas típicas de produção concentradas à volta do Sul e Sudoeste do país e nas margens do rio Yangtsé, as diferentes variedades de chá (o chá verde é o mais popular) exigem além de diferentes instrumentos para aproveitar as suas qualidades.

O costume de beber chá, iniciou-se de forma medicinal, é por razão de luxo, uma vez que era importada da China no século IX. A idéia foi crucial para a criação e aprimoramento da cerimônia.
No século XII, um novo tipo de chá surge, o matcha, foi trazido por um monge japonês retornando da China. Considerado um chá verde mais forte, retirado da mesma planta de chá preto, foi inicialmente utilizado em rituais em Templos Budistas. Já no século XIII, samurais já consumiam a bebida matcha, como uma adaptação do Budismo, com isso, o futuro do chá estava traçado.

Foto de uma cerimônia do chá. Da esquerda para a direita: chashaku (espátula para o chá), sensu (leque), forma para colocar o batedor, chasen (batedor whisk) e fukusa (lenço de seda).

Visita de ministro chinês ajudará a manter impulso positivo nas relações militares China-EUA.

Fonte: CRIOnline em 19/08/2013

A atual visita de Chang Wanquan, ministro chinês da Defesa Nacional, aos Estados Unidos ajudará a manter o "ímpeto positivo" obtido nas relações militares sino-norte-americanas durante os últimos 18 meses, afirmou na sexta-feira Steve Warren, porta-voz do Pentágono.
Segundo a agenda, Chang realizará um encontro com Charles Jacoby, comandante do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte e do Comando do Norte dos Estados Unidos, ambos com seu quartel-general em Colorado Springs, no Colorado, disse Warren.
  A visita "sustenta a série regular de interações entre os dois líderes que reflete a natureza positiva dos vínculos militares entre os dois países", acrescentou Warren.   Este "ímpeto positivo" começou em fevereiro de 2012, quando o atual presidente chinês Xi Jinping, então em sua condição de vice-presidente do país asiático, realizou uma visita aos Estados Unidos, durante a qual reuniu-se com o secretário de Defesa norte-americano, Leon Panetta, no Pentágono.
Durante a cúpula realizada em junho na Califórnia, Xi e Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, concordaram em procurar um novo caminho para abordar suas diferenças e fomentar ativamente um novo tipo de relacionamento militar compatível com o novo tipo de relação entre as duas potências do mundo, caracterizado pelo respeito mútuo e pela cooperação de ganhos recíprocos.

por Xinhua

Noroeste da China liderará crescimento no mercado automobilístico.

Fonte: CRIOnline em 19/08/2013

O noroeste, em particular, está desempenhando um papel mais importante para a indústria pois o crescimento recente nas vendas na região ultrapassou o das cidades de primeiro e segundo níveis bem como o das regiões litorâneas no leste, disse Wang Xia, diretor da filial de automóveis do Conselho Chinês de Promoção do Comércio Internacional (CCPIT, na sigla em inglês).
"O noroeste tornou-se um mercado importante no setor automobilístico e a contínua urbanização injetará novo motor ao consumo de veículos", disse Zhang Jian, vice-gerente-geral da Companhia de Indústria de Automóvel de Beijing.
  Os observadores da indústria afirmaram que a menos desenvolvida região no noroeste tem grande potencial e os fabricantes de veículos devem concentrar seus esforços lá.   O noroeste experimentou uma expansão rápida na sua rede de vendas de automóveis. Nos últimos cinco anos, houve uma expansão de 16% na área, cerca de 5 pontos percentuais a mais do que a média nacional.   "A tendência de expansão rápida estará mais clara nos próximos cinco anos", acrescentou.   Além de ser um mercado automobilístico importante, o noroeste também apresenta vantagens em custos de terra e mão de obra para o desenvolvimento da indústria de automóveis, concentrado atualmente na costa oriental, disse Chen Yao, pesquisador da Academia Chinesa de Ciências Sociais.   por Xinhua

China acelera construção de sistema de serviços para idosos.

Fonte: CRIOnline em 19/08/2013



A China decidiu acelerar a construção de um sistema de serviços para idosos. A informação foi divulgada neste domingo, na Conferência Nacional sobre o tema.
Estatísticas indicam que há cerca de 45 mil órgãos de serviços para idosos. Ao todo, são cerca de 4,3 milhões de leitos, o que representa 22 camas para cada mil idosos. Entretanto, o desenvolvimento do serviços para idosos é desequilibrado entre as zonas urbanas e rurais. O vice-ministro de Assuntos Civis, Dou Yupei, lembrou que as principais tarefas da construção do sistema de serviço para idosos são promover o investimento de empresas privadas, a elevar o nível de administração, e formar profissionais do setor.   Tradução: Xia Ren

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Instituições de financiamento estrangeiro são otimistas com perspectiva econômica chinesa

Fonte: Embaixada da Rep. Popular da China no Brasil

http://www.chinatur.com.br/chinatur2.0/feiras2.1.php

Beijing, 16 ago/2013 (Xinhua) -- Instituições financiadas pelo fundo estrangeiro estão otimistas com o desenvolvimento econômico chinês, considerando que o país enfrentará menor risco de recessão severa, informou na sexta-feira o jornal China Securities. A JP Morgan Chase & Co. disse que três fatores apoiarão a futura recuperação econômica da China, incluindo o investimento ativo na infraestrutura e contribuição privada no setor imobiliário, melhor circunstância econômica global no segundo semestre de 2013, e o lento crescimento de crédito no último trimestre de 2012 e nos primeiros três trimestres deste ano. A JP Morgan manteve a previsão sobre o crescimento econômico anual da China em 7,6% para 2013, com uma recuperação estável e lenta nos próximos trimestres, de acordo com o artigo. A agência de avaliação de crédito Moody's afirmou que a situação pior já passou pois as estatísticas de julho mostraram que a economia chinesa regressou ao status normal, mas ainda a uma velocidade moderada. O Goldman Sachs Group disse que o governo central chinês está tentando estabilizar o mercado e manter o desenvolvimento econômico antes da terceira sessão plenária do 18º Comitê Central do PCC, de acordo com o relatório. No entanto, a BOC International Limited indicou que o crescimento estimulado pelo setor imobiliário, expansão de crédito e recuperação de investimento não serão mantidos. A política monetária prudente e o aumento mais lento no financiamento social e o M2, medida ampla de fornecimento de dinheiro, controlará o desenvolvimento econômico em um passo moderado, acrescentou.