Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Discurso do Ano Novo do presidente chinês Xi Jinping


Na véspera do Ano Novo de 2014, o presidente chinês Xi Jinping transmitiu suas mensagens de Ano.

Estamos recebendo o ano de 2014 que será repleto de esperanças.

Neste momento especial, dirijo os melhores votos aos chineses de todas as nacionalidades, aos compatriotas de Hong Kong, Macau e Taiwan, aos chineses residentes nos países estrangeiros bem como aos amigos de todo o mundo.

Desejo boa saúde às pessoas com idade avançada, alegrias às crianças e muita felicidade e paz a todas as famílias!

Neste momento especial, inúmeros trabalhadores, agricultores, intelectuais e funcionários públicos continuam em seus postos de trabalho. Muitos compatriotas estão trabalhando para a pátria pelo mundo inteiro. Um grande número de militares, soldados e policiais de segurança pública estão cumprindo suas missões.

Alguns deles estão longe da pátria e da família e outros não podem se reunir com suas famílias.

Em nome da pátria e do povo, gostaria de dirigir os melhores cumprimentos e desejar-lhes paz e felicidade.

O ano de 2013 não foi ordinário para nosso país e nosso povo. Vencemos várias dificuldades e desafios e conquistamos novos êxitos que não vieram com facilidade. Eles congregam esforços e trabalhos de todos nós. Gostaria de expressar a todos meus sinceros agradecimentos!

Em 2013, fizemos um programa geral para aprofundar as reformas e traçamos um projeto grandioso para o futuro desenvolvimento.

Em 2014, daremos novos passos no caminho das reformas.

O objetivo fundamental das reformas é tornar nosso país mais próspero, a sociedade mais justa e a vida do povo ainda mais bela.

A reforma exige nossa luta conjunta e esforços árduos.

Quem semeia, colhe. Durante as práticas da reforma e abertura, conquistamos incontáveis glórias. Acredito que o povo chinês irá conquistar novas glórias.

O universo é imenso com estrelas brilhando.

Mais de sete bilhões de pessoas vivem neste planeta e devem se ajudar mutuamente para realizar o desenvolvimento comum.

O povo chinês procura concretizar o sonho chinês, que é a grande revitalização da nação. Desejo aos povos de todo o mundo que possam realizar os seus próprios sonhos.

Espero sinceramente que o povo do mundo inteiro se compreenda e se ajude mutuamente no processo de pôr em prática seus sonhos e que transforme o nosso globo onde vivemos em um belo lar.

A vida é sempre cheia de esperanças. O sucesso pertence sempre aos que se esforçam e não se cansam de buscá-lo.

Encararemos diversos riscos e desafios no caminho para progredir. Há muito trabalho a fazer para que o povo tenha uma vida ainda mais feliz.

Devemos ser modestos e prudentes e lutar arduamente para escrevermos um novo capítulo no desenvolvimento da pátria.

Obrigado a todos!

Xi Jinping em 31/12/2013
Fonte: CRIOnline

Diário do Povo publicará editorial no dia do Ano Novo

O Diário do Povo, jornal oficial do Partido Comunista da China (PCC), publicará um editorial na quarta-feira marcando o início do ano novo.


"Reforma permanecerá como o fato mais impressionante em 2014", afirmou o editorial, entitulado "Deixar a reforma de hoje pavimentar o caminho para amanhã".

O ano 2014 marca o começo da grande marcha de aprofundamento abrangente da reforma da China depois da reunião da PCC realizada em novembro passado, que aprovou um plano de reforma para o país, disse o artigo.
O editorial elogiou os êxitos do país no desenvolvimento econômico e social, seus esforços na reestruturação econômica, seus resultados positivos na tecnologia espacial como indicados pela aterrissagem do Coelho de Jade na Lua, assim como as iniciativas corajosas e decisivas na luta contra corrupção em 2013.

No ano novo, a China deverá continuar liberando as mentes do povo, livrar e desenvolver a produtividade social, liberar e reforçar a vitalidade, aproveitar as oportunidades, romper barreiras ideológicas com grande determinação, e permitir que mais pessoas sejam beneficiadas pela reforma e abertura, indicou.

O editorial pede que o povo chinês leve adiante os esforços conjuntos no ano novo para alcançar novos êxitos e lute pela realização do sonho chinês de rejuvenecimento nacional.


Fonte: Agência Xinhua em 31/12/2013

China manterá política monetária prudente e liquidez

A China deve manter, em 2014, sua atual política monetária prudente e uma liquidez apropriada para a segunda maior economia do mundo, anunciou nesta terça-feira o comitê consultivo de política monetária do Banco Popular da China, o banco central do país, em uma declaração.


O banco central chinês deve também manter um crescimento de ritmo razoável para a oferta monetária e o financiamento social total, e otimizar as estruturas de financiamento e crédito, diz a nota, divulgada depois de uma reunião trimestral regular do comitê.

O banco central deve embutir reformas em sua administração macroeconômica diária, e continuar a melhorar a eficiência do mercado financeiro chinês, diz o texto.

Mais trabalho deve ser feito na liberalização das taxas de juros, na reforma cambial do Renminbi, ou RMB, moeda chinesa, e na manutenção da taxa de câmbio do RMB, para que seja basicamente estável e fique em um nível razoável e equilibrado, diz o documento.

O comitê de política monetária, de 15 membros e liderado pelo presidente do banco central, Zhou Xiaochuan, é um corpo consultivo para a elaboração de política monetária do banco central.

O comitê é geralmente composto por altos funcionários governamentais do Ministério das Finanças, do Departamento de Estatísticas e de outros reguladores financeiros, assim como acadêmicos, convocando reuniões trimestrais e fazendo sugestões sobre políticas.


Fonte: Agência Xinhua em 31/12/2013

China reforça cuidados para idosos

O governo chinês divulgou uma diretriz sobre o reforço dos serviços de cuidados para idosos com mais de 60 anos.


O documento, divulgado conjuntamente por 24 departamentos incluindo um comitê nacional de trabalho sobre o envelhecimento, busca políticas e serviços favoráveis abrangentes e melhorados e ambiente público mais respeitoso para idosos e implementação mais efetiva de várias políticas em 2015.

O documento pediu que os institutos de saúde estabeleçam registros de saúde para idosos locais com mais de 65 anos e forneçam mais exames de saúde gratuitos para eles, pelo menos uma vez por ano.

Os veículos de transporte público devem ter 10% dos assentos designados para doentes, deficientes, idosos e grávidas.

"Os idosos terão uma vida mais feliz e próspera até 2020", disse o documento.

O documento também citou políticas preferenciais e serviços na administração governamental, serviços comerciais e atividades culturais e esportivas, tais como acesso gratuito a museus e galerias.


Fonte: Agência Xinhua em 31/12/2013

CCPPCh realiza recepção de Ano Novo com líderes chineses

O Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPCh) realizou nesta terça-feira (31) em Beijing uma recepção de Ano Novo com a presença do presidente chinês Xi Jinping e de outros altos líderes do país. Também participaram da cerimônia os líderes dos partidos democráticos e diversas personalidades.

Xi  Jinping discursando

Em seu discurso, Xi Jinping falou que o ano de 2014 será chave para o processo de reforma da China.

O ano novo deve ser marcado por nova luta e nova colheita. O presidente destacou a importância do espírito de reforma e inovação e prometeu ser defensor firme e praticante ativo na onda de reforma.

O presidente chinês salientou que o país tem de persistir na teoria de partir da realidade, unida à Inteligência e força do povo, a fim de concretizar o projeto do aprofundamento da reforma. O objetivo é que toda a gente compartilhe os frutos da reforma.

Xi Jinping disse esperar que a Conferência Consultiva Política possa desempenhar seu papel de consulta democrática.


Fonte: CRIOnline em 31/12/2013

Xi Jinping liderará grupo orientador para reforma abrangente


O presidente chinês Xi Jinping deve chefiar um grupo orientador para reforma abrangente, decidiu nesta segunda-feira o Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China.

O Birô Político decidiu criar o grupo para liderar o trabalho para aprofundar de maneira abrangente a reforma e nomear Xi como seu chefe, segundo uma decisão adotada em uma reunião do Birô Político nesta segunda-feira.

O grupo orientador estará encarregado de "projetar a reforma sobre uma base geral, planejar e coordenar a reforma, impulsionar a reforma como um todo, e supervisionar a implementação dos planos da reforma", acrescenta o documento.

O grupo irá pesquisar e decidir sobre as principais diretrizes, políticas e programas de reformas sistemáticas nos setores econômico, político, cultural, social e ambiental, assimo como no sistema do Partido, diz o texto.

O grupo liderará as principais reformas a nível nacional e lidará com importantes questões com significado nacional e impactos de longo prazo, que envolvem diferentes regiões e departamentos.
O grupo também irá orientar, impulsionar e supervisionar a implementação de importantes políticas da reforma, diz o documento.

Fonte: Agência Xinhua em 30/12/2013

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Zona de Livre Comércio de Shanghai inicia a plataforma experimental de comércio eletrônico

A Zona de Livre Comércio de Shanghai iniciou neste último final de semana a plataforma experimental de comércio eletrônico.


O comércio eletrônico de negócio transnacional é um ponto experimental chave da área de Livre Comércio. A plataforma é aberta para as empresas de comércio eletrônico transnacional, incluindo o portal de compra eletrônica "Kuajingtong", declaração aduaneira, cobrança de taxa na internet e o sistema de pagamento transnacional.

Um centro de logística de 5 mil metros quadrados voltado para o comércio eletrônico transnacional entrou em funcionamento na Zona de Livre Comércio. O portal Kuajingtong está procurando cooperações com algumas mega-empresas de comércio eletrônico, como e-Bay e Amazon.


Fonte: CRIOnline em 30/12/2013

Linha de trem-bala Beijing – Shenyang entrará em construção em 2014

Beijing
Shenyang

A linha de trem-bala que liga Beijing e Shenyang, capital da província de Liaoning, nordeste do país, entrará em construção na primeira metade de 2014. A linha terá uma distância de 709 quilômetros. A companhia de ferrovias da China, o governo municipal de Beijing, governos provinciais de Hebei e Liaoning investiram 124,5 bilhões de yuans no projeto. A construção vai durar cinco anos. Após a conclusão, o tempo de viagem entre Beijing e Shenyang ficará em duas horas e meia, metade do tempo atual.


Fonte: CRIOnline em 30/12/2013







               

Metrô de Beijing tem extensão de 465 quilômetros

A extensão da rede de metrô de Beijing, capital chinesa, chegou a 465 quilômetros depois que uma nova seção da linha 8 entrou em operação no sábado.

A rede de metrô recebeu uma média de 8,76 milhões de passageiros por dia entre janeiro e novembro, uma alta de 30,5% em relação ao mesmo período do ano passado, informou na segunda-feira a comissão municipal de transporte.

A comissão acrescentou que o fluxo máximo diário de passageiros chegou a 11,06 milhões.

Nos primeiros onze meses do ano, o metrô foi responsável por aproximadamente 40% do volume de passageiros no sistema de transporte público da cidade, que inclui ônibus, táxis e metrôs, de acordo com a comissão.

A rede de metrô de Beijing terá mais 62 quilômetros acrescentados quando a linha 7 e partes da linha 6, linha 14 e da linha 15 entrarem em operação, elevando a extensão total da rede para 527 quilômetros no final de 2014.

Shanghai, outra metrópole chinesa, tem uma rede de metrô com extensão combinada de 567 quilômetros.

Fonte: Agência Xinhua em 30/12/2013

Banda larga conecta aldeias chinesas

O serviço de banda larga conecta agora 91% das aldeias chinesas, e mais de 5 mil escolas em regiões remotas e geralmente pobres devem desfrutar da internet antes de terminar o ano.

A cobertura aumentou desde 88% no início de 2013, com mais 19 mil aldeias acrescentadas à rede este ano, de acordo com o Ministério da Indústria e Informatização.

As três principais operadoras de telecomunicações, China Mobile, China Unicom e China Telecom, investiram mais de 6 bilhões de yuans (quase US$ 1 bilhão) este ano nas aldeias.

Os usuários de internet da China chegaram a 604 milhões no final de setembro deste ano.

Fonte:  Agência Xinhua em 30/12/2013

China terá melhor ambiente de comércio em 2014

A China terá um melhor ambiente para o comércio no ano que vem devido à crescente demanda externa, pois a recuperação econômica em alguns países desenvolvidos deverá acelerar, disse nesta segunda-feira o Diário do Povo.

"O ambiente para o comércio continuará melhorando pois as políticas governamentais para promover o crescimento comercial estão mostrando mais efeitos e alguns países desenvolvidos estão vendo recuperação das economias", disse em uma reportagem o jornal oficial do Partido Comunista da China.

A contribuição do comércio exterior com o crescimento do produto interno bruto (PIB) da China aumentará para 0,1 ponto percentual em 2013, na comparação com o nível inferior a 0,1 ponto percentual registrado nos primeiros três trimestres desde ano, disse Fan Jianping, economista-chefe do Centro Estatal de Informações, citado pelo jornal.

O Ministério do Comércio previu na sexta-feira passada que o comércio exterior do país deve aumentar mais de 7% em termos anuais, para US$ 4,4 trilhões em 2013.

No final de julho, o governo tomou uma série de medidas para estabilizar o crescimento do comércio para ajudar as empresas de exportações e importações.

A demanda externa deve aumentar gradualmente no próximo ano, porque muitas instituições prevêem que a recuperação econômica global acelerará em 2014.

Em um relatório emitido no início deste mês, o Citigroup previu que o crescimento do PIB real do mundo aumentará dos 2,4% em 2013 para cerca de 3,1% em 2014, com um aumento nas economias avançadas de 1,1% neste ano para cerca de 2% no ano que vem.

Agência Xinhua em 30/12/2013