Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Presidente chinês Xi Jinping parabeniza pelo Ano Novo de 2015


O presidente chinês, Xi Jinping, proferiu hoje (31) um discurso para festejar o Ano Novo de 2015. As palavras de Xi Jinping foram transmitidas através da Rádio Internacional da China, Rádio Nacional da China e da Televisão Central da China. Vamos ao discurso:

O tempo voou rápido. O ano de 2014 está no final e o ano de 2015 está chegando. Neste momento de se despedir do passado e saudar o futuro, faço aqui os votos de um prospero Ano Novo para o povo das diferentes etnias de todo o país, aos compatriotas da Região Administrativa Especial de Hong Kong e da Região Administrativa Especial de Macau, aos compatriotas de Taiwan e aos chineses no exterior, assim como aos amigos de todos os países e regiões.

O ano de 2014 será inesquecível. Neste ano, promovemos dinamicamente a reforma, superando muitas dificuldades e promulgando uma série de medidas importantes. Muitas políticas de reforma são intimamente associadas aos interesses da população. Adaptamo-nos ativamente à nova normalidade do desenvolvimento econômico e promovemos vigorosamente o desenvolvimento socioeconômico. A vida do povo conquistou melhorias. A primeira etapa da linha central do projeto de transferência de água do sul ao norte entrou em funcionamento no dia 12 dezembro. Mais de 400 mil habitantes ao longo do canal se estabeleceram em outros lugares, fazendo contribuições generosas à iniciativa. Devemos expressar admiração a eles, desejando-lhes uma vida feliz em suas novas casas.

Neste ano, redobramos esforços para endireitar o estilo de trabalho e reforçar a disciplina, com luta específica ao formalismo, burocratismo, hedonismo e tendência de extravagância e má atmosfera. A situação melhorou bastante. Fomentamos o combate à corrupção e punimos os corruptos com tolerância zero, o que mostrou nossa determinação firme na luta anticorrupção e também contra os vícios da administração publica. Também neste ano, intensificamos as cooperações e intercâmbios com outros países e realizamos em Beijing a reunião informal de líderes da Organização de Cooperação Econômica da Ásia-Pacífico. Os dirigentes da China fizeram muitas visitas ao exterior, enquanto recebemos um grande número de líderes estrangeiros. As atividades deram ao mundo a chance de melhor conhecer nosso país.

Para fazer os trabalhos de forma satisfatória, nossos funcionários públicos dos diferentes níveis maximizaram seus esforços. Naturalmente, não conseguiríamos isso sem o apoio do povo. Expresso aqui meu elogio e admiração ao nosso grande povo.

Neste ano, definimos, através de legislação, o Dia Comemorativo da Vitória do Povo Chinês na Luta de Resistência à Invasão Japonesa, o Dia de Memória aos Mártires e o Dia Nacional de Memória às Vítimas da Grande Massacre de Nanjing. Realizamos atividades solenes nessas datas. Não importando a mudança da era, precisamos guardar em memória para sempre os sacrifícios e contribuições das pessoas que comprometeram sua vida em favor do país, do povo e da paz.

Neste ano, passamos alguns momentos tristes. Perdemos contatos com o voo MH370, da Malaysia Airlines. Mais de 150 compatriotas desapareceram, mas não nos esquecemos deles. Persistiremos nos esforços e tentaremos todos os meios para encontrá-los. Neste ano, nosso país sofreu algumas catástrofes naturais e acidentes de segurança grandes, que vitimaram muitos compatriotas. Mais de 600 pessoas morreram no terremoto de Ludian, da província de Yunnan. Temos saudade deles e desejamos tudo de bom a seus parentes.

O sino do Ano Novo vai tocar. Continuaremos com os esforços, tornando as expectativas do povo em nossas ações e transformando a esperança do povo em realidade de vida. Continuaremos com o aprofundamento abrangente da reforma. Não podemos parar uma vez que iniciemos a aventura e só as pessoas com coragem podem conquistar a vitória. Vamos promover a administração do país conforme a lei em todos os setores, com o que vamos proteger os direitos e interesses do povo, garantir a equidade e justiça social e impulsionar o desenvolvimento nacional.

Vamos tomar o aprofundamento integral da reforma e a promoção abrangente da administração do país conforme a lei como as asas de aves e rodas de carros para concretizar com base no planejado as metas da conclusão integral da construção de uma sociedade modestamente confortável.

A vida do povo de nosso país vem melhorando de modo geral. Precisamos, portanto, sempre guardar na mente os habitantes com dificuldades no cotidiano. Devemos proporcionar condições básicas de vida com todo o entusiasmo e realizar de maneira satisfatória os trabalhos relacionados ao padrão de vida da população, sobretudo a redução da pobreza através de desenvolvimento e a garantia de condições básicas de vida. Vamos dar acesso a todas as pessoas com necessidades, incluindo os habitantes carentes rurais e as pessoas com dificuldades em cidades, para que alcancem uma vida digna, assim como à solidariedade no coração.

Continuaremos administrando o Partido com disciplina rigorosa, transformando resolutamente o estilo de trabalho e fortalecendo a luta anticorrupção e a construção institucional. Em nosso país socialista liderado pelo Partido Comunista da China, fiscalizaremos e castigaremos todas as pessoas corruptas.

A causa a qual nos estamos dedicando é grande. A persistência firme leva à vitória e a desistência no caminho resulta em nada. Nosso plano é majestoso, enquanto nossos trabalhos vão ser árduos. 

Todo o Partido e o povo de todas as etnias devem unir esforços e aproveitar a oportunidade para responder em conjunto aos desafios, superar com determinação as dificuldades e ser empreendedores para promover a inovação, a fim de materializar um melhor desenvolvimento do país e uma melhor vida do povo a cada ano.

O povo chinês dá muita atenção ao futuro do próprio país e acompanha o futuro do mundo. 

Oferecemos ajuda aos países africanos com a epidemia de Ebola, proporcionamos assistências à capital das Maldivas que sofreu o corte de água.

Muitas atividades do gênero mostram a fraternidade dos chineses com povos de outros países. O mundo ainda está com inquietações atualmente. Apelamos pela paz. Espero sinceramente que as pessoas de todo o mundo trabalhem em conjunto para proteger todas as pessoas da fome e do frio, salvar todas as famílias da guerra e permitir que todas as crianças cresçam saudavelmente ao sol da paz.

Obrigado a todos.


A CHINATUR AGRADECE A TODOS OS SEUS CLIENTES E AMIGOS E DESEJA QUE OS DESAFIOS DO PRÓXIMO ANO SE TRANSFORMEM EM OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO, REALIZAÇÕES, E QUE O ANO DE 2015 SEJA REPLETO DE VITÓRIAS E SUCESSOS!!!

Feliz Ano Novo

Fonte: Agência Xinhua

Ponte Siduhe – China - a ponte mais alta do mundo

Com uma altura de 472 metros acima das águas do Rio Du Si, a Ponte Siduhe, na China, se tomou a ponte mais alta do mundo. 


Foi inaugurado no dia 15 de novembro de 2009 e está localizado na montanhosa província de Hubei, a cerca de 80 km ao sul da região da Usina 3 Gargantas, (A maior do mundo) no Rio Yangtze. 




A ponte pênsil Siduhe é 
apenas uma das várias estruturas surpreendentes nos 483 km da ligação da estrada West Hurong que agora liga Xangai, na costa do Pacífico com as cidades de Chongqing e Chengdu, no oeste da China. 


Com uma extensão de 900 metros, a ponte Siduhe é uma ponte pênsil com torres “H”, e uma treliça de armação de concreto, suportada por cabos de aço. 




Engenheiro, viaje para a China e conheça os projetos de engenharia mais audaciosos do mundo - consulte a CHINATUR, que tem como diretor o 
                            Eng. Sokan K. Young.





Código de Tour: A04
Duração: 9 dias / 8 noites
Destinos: Beijing, Hangzhou, Suzhou, Shanghai


Hotéis 5 Estrelas
Clique na imagem acima e conheça todos os roteiros elaborados pela CHINATUR

Fonte: Internet

Redes de transporte da China levam mais passageiros em novembro

As redes de transporte da China levaram 1,68 bilhão de passageiros em novembro, um aumento anual de 5,2%, mostram as estatísticas recém-divulgadas pelo principal órgão planejador de economia do país.



As ferrovias do país transportaram 170 milhões de passageiros em novembro, um crescimento anual de 9,6%, informou a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (CNDR) em seu site.

O volume de passageiros por rodovias e aviação em novembro aumentou 4,5% e 13,6%, respectivamente, na comparação anual, chegando a 1,45 bilhão e 3,2 milhões, segundo a CNDR.
Cerca de 2,8 bilhões de viagens devem ser realizadas por meio de rodovias, ferrovias, aviação e cursos de água navegáveis durante a temporada de 40 dias que começa em 4 de fevereiro, uma alta anual de 3,4%, previu a CNDR.

Conheça alguns dos roteiros elaborados pela CHINATUR para a realização do seu
 sonho o de conhecer a CHINA

China Clássica + Yiwu (Yiwu paraiso das compras na China)
Código de Tour: B02
Duração: 12 dias / 11 noites
Destinos: Beijing, Xian, Shanghai, Yiwu, Shanghai


Código de Tour: B04
Duração: 13 dias / 12 noites
Destinos: Beijing, Xian, Nanjing, Hangzhou, Suzhou, Shanghai

Fonte: Agência Xinhua

Presidente chinês discursa durante um chá em comemoração ao Ano Novo

O presidente chinês Xi Jinping pronunciou hoje um importante discurso durante um chá organizado pelo Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, o órgão consultivo político mais importante da China, com o motivo Ano Novo.

Na ocasião, Xi Jinping reiterou que o trabalho do Partido e do Estado devem ouvir a aspiração da população. Quando nosso objetivo é de maior envergadura, a nossa missão é mais árdua.

O líder chinês fez uma retrospectiva do trabalho do Partido e do Estado em 2014. Ele salientou também as dificuldades e os riscos do trabalho que encontrará pela frente.


A CHINATUR , prepara Tour's Privativos todos com hoteis 4 ou 5 estrelas para sua maior comodidade, abaixo 2 deles para o Tibet, clique para conhecer todo o roteiro !!!

Lhasa (3n) – Gyantse (1n) – Shigatse (1n) – New Tingri (2n) – Shigatse (1n) – Lhasa (1n)

Lhasa (3n) – Gyantse (1n) – Shigatse (1n) – Lhasa (1n) 


Feliz Ano Novo
Fonte: CRIOnline

Água do Yang Tsé chega a Pequim em maior transposição da história

Pequim - A água do Yang Tsé chegou em Pequim na culminação da primeira das três rotas previstas na maior transposição do mundo, que leva água desde o úmido sul até o seco norte da China.

rio yang tsé
O leito do rio mais longo da Ásia e terceiro do mundo começou a fluir por Pequim, Tianjin e outras cidades do norte do país justo no dia do 12º aniversário do início das obras desta gigantesca obra de engenharia.
Com sua chegada à capital chinesa, a água do Yang Tsé completou a viagem que começou desde o sul da China no último dia 12 de dezembro, quando começou a transposição, e percorreu 1200 quilômetros em 15 dias.
Em 2015, a capital chinesa contará com 800 milhões de metros cúbicos vindos do Yang Tsé, que, quando a infraestrutura funcione em pleno rendimento, proporcionará um bilhão de metros cúbicos anuais à cidade.
A transposição sul-norte é uma das obras públicas mais ambiciosas da China, que, por suas enormes dimensões, foi comparado com a construção da Grande Muralha.
O custo total da transposição estima-se que tenha sido de cerca de US$ 81 bilhões, o triplo que outro famoso projeto hidráulico chinês, a hidrelétrica das Três Gargantas.
A rota intermediária do projeto do Yang Tsé inaugurada hoje, é um canal de mais de 1.200 quilômetros de extensão que conduz as águas do rio, partindo de seu curso médio, até Pequim, Tianjin e as províncias de Hubei, Henan e Hebei,
A segunda rota, a oriental, transferirá as águas do curso inferior do rio Yang Tsé através de um canal de mil quilômetros até a planície do rio Amarelo, o Huaihe, o Haihe e a província de Shandong, e a terceira rota partirá do curso superior e chegará às províncias do noroeste da China.

Clique nos links abaixo e conheça algumas das promoções da CHINATUR para a sua viagem à China em 2015 !!!

Código de Tour: P01
Duração: 8 dias / 7 noites
Destinos: Beijing, Xian, Shangha





Código de Tour: P03
Duração: 13 dias / 12 noites
Destinos: Beijing, Xian, Guilin, Hangzhou, Suzhou, Shanghai





Clique na imagem abaixo e conheça todos os roteiros elaborados pela CHINATUR
História, Cultura, Compras...

Fonte: Exame.com

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Um pouco da arquitetura da China

Um dos exemplos mais antigos da arquitetura chinesa é a Muralha da China (228 a.C.), construída pelos imperadores tártaros da dinastia Ch’in, tem cerca de 2.400 Km de extensão e torres de vigilância. 

A Grande Muralha da China
O Pagode
O Pagode(templo chinês) deriva aparentemente de formas arquitetônicas indianas. A multiplicidade dos tetos na estupa indiana repete-se no pagode e também define a estrutura de madeira, ainda que se possam encontrar exemplos em materiais mais pesados.


Palácio Chinês
Os templos e palácios eram construídos em madeira com base de pedra, as paredes, sem função estrutural, servem de fechamento e decoração, e os telhados sempre recurvados. O P’ai lou chinês, assim como o torii japonês, arco construído em memória dos mortos, também deriva do portal da estupa indiana.

A Cidade Proibida
A arquitetura chinesa é totalmente integrada à natureza e é o reflexo de sua filosofia e religião. A cidade de Pequim tem sido a capital da China desde 1271, com algumas interrupções. Durante todo esse tempo, imperadores construíram palácios, santuários e jardins. A Cidade Proibida, como é chamada, começou a ser construída na dinastia Ming (1368-1644) e abriga, no interior de suas muralhas vermelhas, os pavilhões oficiais e as habitações do imperador e de sua corte, essas construções sofreram reformas e ampliações durante os séculos XVII à XIX, depois arruinou-se e só foi resgatada a partir de 1949 por Mao Tsé-Tung

Jardins da Cidade Proibida
Jardins requintados com pinheiros de mais de quinhentos anos, recantos melancólicos de vastos pátios entre imponentes paredes silenciosas, as entradas são guardadas por grandes leões estilizados, dragões enroscam-se nas escadas, rampas, muros e tronos, tartarugas e aves fênix aparecem, tudo organizado de maneira impressionante e equilibrada. Todo o conjunto é hoje um museu.

Praça da Paz Celestial
Em 1959 para comemorar o 10º aniversário da República Popular, são realizadas algumas obras, entre elas, a da praça da Paz Celestial (Tian An Men), que fica em frente à Cidade Proibida, e é uma das maiores praças do mundo, com quarenta hectares de área, no centro de Pequim. Outra obra que complementa a nova urbanização de Pequim é a Avenida Chagan (Paz Prolongada) com mais de cem metros de largura e 16 Km de comprimento. Além da Cidade Proibida, existem na capital monumentos importantes como: o Templo do Céu, conjunto de edifícios e jardins construídos em 1420; o parque de Peihai, onde se criou um pequeno morro para implantar um pagode branco, em 1652; entre outros.

Parque de Peihai
Templo do Céu
                                                                                                                                  
Abaixo alguns roteiros elaborados pela CHINATUR com destinos a Pequim (Beijing)
Código de Tour: A01
Duração: 10 dias / 9 noites
Destinos: Beijing, Xian, Shanghai, Guilin, Guangzhou





Código de Tour: A02
Duração: 8 dias / 7 noites
Destinos: Beijing, Xian, Shanghai





Código de Tour: A04
Duração: 9 dias / 8 noites
Destinos: Beijing, Hangzhou, Suzhou, Shanghai


Feliz Ano Novo

Fonte: Internet