Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Turismo no Pará: os principais pontos turísticos para visitar em Belém

Sokan, diretor da Chinatur
Neste final de semana, porque não viajar para conhecer as belezas do nosso Brasil, passagens com valores em reais, sem se preocupar com o cambio, é só fazer as malas e correr para o Aeroporto, uma das dicas que o diretor da Chinatur, Sokan Kato Young,  está dando é viajar para Belém do Pará, porque o que algumas pessoas ainda não sabem, é que a Chinatur, prepara a sua viagem também para dentro do Brasil, além é claro de cidades como Nova York, Hong Kong, Roma, Paris, Londres e onde mais a sua imaginação te levar.

Consulte a CHINATUR para a sua próxima viagem, você vai saber porque tantos viajam com quem tem mais de 35 anos de mercado e experiencia.



Vamos seguir a dica do diretor da CHINATUR, e conhecer os pontos turísticos de Belém do Pará, talvez na semana que vem, saibamos o porque dessa dica.



Vamos começar conhecendo a porta de entrada: o Aeroporto Internacional de Belém.






Belém é a segunda cidade mais populosa da região Norte é conhecida como “Cidade das Mangueiras” devido a abundância de mangueiras em suas ruas. Hoje, apesar de ser cosmopolita e moderna em vários aspectos, Belém não perdeu o ar tradicional das fachadas dos casarões, das igrejas e capelas do período colonial.


Belém vem se modernizando cada vez mais, desde 2000, a cidade passa por um processo de revitalização que vem atualizando a arquitetura local.


                                          Palácio Lauro Sodré, sede do Museu do Estado do Pará

Não faltam estímulos aos sentidos para aqueles que visitam Belém. Considerada como o "Portal da Amazônia", a capital do Pará é abundante em cores, sabores, cheiros e sons, graças às raízes indígenas que estão presentes no folclore e nas artes. 


Mercado Ver-o-Peso

O Mercado Ver-o-Peso é o carro-chefe das suas inúmeras atrações históricas, embora esteja em fervilhante funcionamento. Tanto movimento não poderia deixar de abrir o apetite, e muito.

Belém é uma das capitais gastronômicas do mundo, com sabores amazônicos unidos às mais variadas tendências internacionais. Muitos consideram a culinária paraense como sendo a genuinamente brasileira, por contar quase que exclusivamente com ingredientes nativos. A variedade de ervas, frutas e peixes é inacreditável. 


O que conhecer:
Basílica de Nossa Senhora de Nazaré
Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré é uma das igrejas mais belas de Belém com seu estilo neoclássico e com a grande quantidade de mármore 

Endereço: Avenida Nazaré, 1300 - Nazaré, Belém - PA, 66035-140
    Telefone:(91) 4009-8400

Mangal das Garças
Mangal das garças é sem dúvidas um dos lugares mais bonitos em Belém, é um pedaço de toda a riqueza amazônica em plena cidade.
    Endereço: Passagem Carneiro da Rocha, s/n - cidade Velha, Belém - PA, 66020-160
    Telefone:(91) 3242-5052

Mercado Ver-o-Peso'
O complexo do mercado ver-o-peso em Belém do Pará é considerado a maior feira livre da América Latina.

O Mercado está localizado na Avenida Boulevard Castilho Franca, Cidade Velha, às margens da baía do Guajará.

Teatro da Paz
O Theatro da Paz, que originalmente chamava-se Theatro Nossa Senhora da Paz, nome dado pelo Bispo da época Dom Macedo Costa, em homenagem ao fim da guerra do Paraguai
    Endereço: Rua da Paz, s/n - Centro, Belém - PA, 66017-210
    Telefone: (91) 4009-8750


Catedral da Sé
A Catedral Metropolitana de Belém ou simplesmente Catedral da Sé é a sede da Arquidiocese de Belém, na cidade de Belém do Pará e parte integrante do complexo histórico e religioso da cidade velha.
    Endereço: Praça Dom Pedro II, s/n - Cidade Velha, Belém - PA, 66020-310
    Telefone: (91) 2121-3724

Forte do Presépio
Forte do Presépio, também conhecido como Forte do Castelo, foi levantado em 1616 (mesmo ano de fundação da cidade) para conter ataques indígenas e de corsários ingleses e holandeses que rondavam a região.
Endereço:
Pça. Frei Caetano Brandão, s/n
Arcebispado – Cidade Velha – Belém – PA
tel: (91) 4009-8802
horário visitas: 3ª feira a domingo, das 10h às 16h e feriados, das 9h às 13h

Catedral Metropolitana de Belém
    A Catedral Metropolitana de Belém ou simplesmente Catedral da Sé é a sede da Arquidiocese de Belém, na cidade de Belém do Pará e parte integrante do complexo histórico e religioso da cidade velha, denominado Feliz Lusitânia.
    Endereço: Praça Dom Pedro II, s/n - Cidade Velha, Belém - PA, 66020-310
    Telefone: (91) 2121-3724

Espaço São José Liberto
Espaço de exposições
    Endereço: Praça Amazonas - Jurunas, Belém - PA, 66025-070
    Telefone:(91) 3344-3500


Museu de Arte Sacra do Pará
Conjunto arquitetônico formado pela Igreja de São Francisco Xavier (também conhecida como de Santo Alexandre), de 1719, com paredes originais talhadas em cedro vermelho, e pelo Colégio de Santo Alexandre. No acervo há cerca de 300 peças sacras entre esculturas, quadros e prataria. A imagem de São Francisco de Borja, feita em madeira, tem um vão na parte atrás que era usado para esconder ouro - é um legítimo 'santo do pau-oco'. Aos sábados, a igreja fica fechadada. A visita guiada, grátis, vale para quem quer conhecer mais sobre a história do local.

  • Praça Frei Caetano Brandão
  • Cidade Velha
  • (Fone) (91) 4009-8802 

Bosque Rodrigues Alves – Jardim Botânico da Amazônia
O Bosque Rodrigues Alves, inspirado no Bois de Bologne (Bosque de Bolonha), em Paris, é um pedaço da floresta Amazônica preservado no meio da cidade. É formado por uma floresta primária de terra firme preservada desde o final do século XIX e apresenta uma grande diversidade de espécies animais e vegetais característicos deste ecossistema.

Endereço: Avenida Almirante Barroso, 2305 - Marco, Belém - PA, 66093-034
Visitação: de 3ª a domingo, das 8 às 17h.



Complexo Turístico Ver-o-Rio
O Complexo Turístico Ver-O-Rio é uma das principais atrações culturais de Belém do Pará. Localizado em frente à Baía do Guajará com uma área de 5 mil metros quadrados, o projeto alia contemplação à natureza à praticidade do espaço urbano.
No local, os turistas encontram comidas típicas, shows musicais, cultura e uma exuberante paisagem. O espaço conta ainda com barracas de comidas típicas, bares, um palco, playground, calçadão de pedra portuguesa e um marégrafo - aparelho que mede o nível da maré. 
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, (próximo às Docas)


Cidade Velha
Cidade Velha é considerada um bairro Turístico por ser agraciado por uma beleza indiscutível também considerado centro histórico de Belém,são ali encontrados os principais pontos turísticos e histórico da cidade. 


Teatro Estação Gasômetro
    Espetáculos culturais, incluindo peças infantis, balé e música ao vivo, em espaço aconchegante e luminoso.
    Endereço: Av. Gov. Magalhães Barata, 830 - São Brás, Belém - PA, 66063-240
    Telefone:(91) 4009-8721


Museu de Arte de Belém (MABE)
Construído no período de 1868 a 1883, com finalidade de ser o Palácio Municipal. Atualmente o prédio é sede da Prefeitura Municipal de Belém. Possui um acervo eclético de móveis e adornos, na sua maioria do século XIX e princípios do século XX. São mais de 200 peças inclusive um conjunto Luiz XVI.
End.: Pça. Dom Pedro II, s/nº, Cidade Velha, CEP 66020-240
Tel: (91) 3283-4662/4687/4688
Fone/fax: 3219-8243
Horário de visitação: 3ª a 6ª – 09hrs às 18hrs
Sábados e domingos – 9hrs às 13hrs (direto)
Fonte: Internet

LEMA DA CHINATUR: 
“Realizar o sonho do cliente através de análise da necessidade, otimizando  resultado global,  com preço justo
e cumprindo os objetivos definidos com o cliente”




Curiosidades sobre os caracteres chineses.

Os caracteres chineses são formados por traços. E além de decorar esses traços, é necessário saber em que direção eles são escritos (ou desenhados, como preferir) e a ordem correta de colocar cada um para formar o caractere.
Aí você pode estar pensando: ‘mas todos os caracteres chineses são difíceis de escrever!’. Sim são muito difíceis, de uma olhada neste abaixo:

  O caracter “biang” é  um dos mais complexos da escrita chinesa. 

Formado por 57 traços, o caractere chinês mais complicado é o ‘biáng’, apesar de hoje 
em dia não ser mais incorporado aos dicionários.
Ele é composto por vários caracteres juntos, e cada um com seu próprio significado, 
quando usados separadamente:
言 (falar – 7 traços)
幺 (minúsculo – 5 traços)
馬 (cavalo – 10 traços)
長 (crescer – 10 traços)
月 (lua – 4 traços)
心 (coração – 4 traços)
刂 (faca – 2 traços)
八 (oito – 2 traços)
宀 (telhado – 3 traços)
辶 (andar – 4 traços)


A forma escrita dele pode ser encontrada como ‘biángbiáng miàn’, um tipo de macarrão
 largo e chato, popular na província chinesa de Shaanxi.

800px-Biang_Biang_Mian
Dar ao ‘biáng’ esse título requer alguns cuidados. Como ele não é encontrado nos dicionários, 
e sua origem é inusitada, pois ‘biáng’ não é uma palavra em mandarim, mas uma onomatopeia 
para o som de macarrão batendo na mesa enquanto estão sendo feitos, ou para descrever o 
som do mastigar das pessoas que o degustam alegremente! Existem diferentes teorias sobre 
como ele se formou, mas a história mais popular é que o dono de um restaurante começou a usar
esse ‘som’, que foi sendo repetido e repetido, até se tornar uma ‘palavra de fato’.
Mas mesmo ele sendo o mais complexo, não é o com maior número de traços. ‘Zhe’ (que 
significa prolixo) tem 64 traços, assim como ‘Zheng’(florescer)
zhé
zhé
zheng
zheng
Mas como podemos ver, apesar de possuírem mais traços, eles se repetem em quatro ‘desenhos’ 
iguais. Assim o ‘biáng’ ainda é mais complicado para escrever. 
Dos caracteres que aparecem nos dicionários modernos, o mais complexo é o ‘Nang’, com 
36 traços. Onde  o significado é o ‘barulho de fungar’ ou algo semelhante. =O

nàng
nàng
O mais fácil e simples de se escreveu é o ‘yí’ (um), que se resume a um traço horizontal, 
da esquerda para a direita.
Licao-Chines
E aí? Se animaram?
Fonte: Internet
Aprenda chines viajando para a CHINA com a CHINATUR!!!! Conheça 
alguns roteiros interessantes, vide abaixo:




Código de Tour: China Exótica - C05
Duração: 13 dias / 12 noites
Destinos: Beijing, Xian, Xining, Trem das Nuvens, Lhasa, Shanghai 


Código de Tour: China Profunda - B01
Duração: 14 dias / 13 noites
Destinos: Beijing, Xian, Guilin, Hangzhou, Tunxi, Shanghai


Código de Tour: China Profunda - B05A
Duração: 13 dias / 12 noites
Destinos: Beijing, Xian, Chengdu, Hangzhou, Suzhou, Shanghai 




Sokan, diretor da Chinatur, fala da cidade de Salzburg, na Austria , onde foi filmado um dos clássicos do cinema - A Noviça Rebelde - que no próximo ano completa 50 anos.

Sokan Kato Young, diretor da CHINATUR sempre preocupado em atender bem seus clientes e amigos divulga o que muitos ainda não sabem, a "Chinatur faz roteiros para o Leste Europeu também", esta semana um de seus colaboradores participou de um Workshop sobre o turismo da 
belíssima e romantica ÁUSTRIA.

Salzburg uma das principais cidades da Áustria



Você vai ficar encantado com os locais que parecem sair de um filme, você passeia pelos campos onde foi filmado "A Noviça Rebelde". Salzburg cidade onde morou a família que inspirou a história e serviu de cenário para o filme.




Com um cenário tão bucólico como esse dá para entender de onde vinha a fonte de inspiração de ninguém menos do que o eterno Amadeus Wolfgang Mozart. Os Alpes como pano de fundo, muitas torres de igreja, cúpulas imponentes, um belo forte medieval e uma cidade de arquitetura impecável às margens do rio Salzach. Foi em Salzburgo, na Áustria, que o músico nasceu e passou grande parte de sua vida. Aliás, tudo na cidade remete a ele. Os chocolates, as indumentárias de época para se tirar uma foto vestido a caráter, a casa onde ele morou, o local onde ele nasceu, a estátua na praça, os festivais  concorridíssimos de música clássica. Seja bem-vindo a terra de Mozart.


A casa onde Mozart nasceu, na rua principal do centro histórico, 
é hoje um museu. 
A grande atração é o cravo onde ele compôs a maior 
parte dos concertos para piano. 

Salzburg é a quarta maior cidade da Áustria ficando atrás apenas de Viena, Graz e Linz. Sua população gira em torno de 150 mil habitantes. Sua localização é nobre, às margens do rio Salzach e cercada por montanhas imponentes. Para completar, seu centro histórico é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996. Então, coloque essa pérola austríaca na sua listinha de lugares a conhecer e tente fazer com que a data da viagem coincida com o período de um dos maiores (e melhores) festivais de música do mundo: o Festival de Salzburg.


O FESTIVAL DE SALZBURG

Os festivais iniciaram na cidade graças a força do filho ilustre, Mozart, em 1842, na ocasião em que foi inaugurado um monumento a ele. Depois disso, a Fundação Mozarteum promoveu vários outros eventos de música clássica. Mas, em 1912 é que o festival foi realmente instituído. O local onde os festivais aconteciam era nos estábulos dos príncipes e arcebispos. Em 2006, três novas grandes casas foram inauguradas para receber os melhores músicos do mundo:
  • Grobes Festspielhaus (Grande Casa dos Festivais), 
  • Teatro  Felsenreitschule
  • Nova Haus für Mozart (Casa para Mozart). 
Esse é o ponto alto de Salzburg. O evento é elegante e grandioso! A cidade atrai hordas de apreciadores da boa música. As óperas, sinfonias, concertos e recitais são tão concorridos que costumam se esgotar com meses de antecedência. Quem gosta de música clássica costuma voltar todos os anos à cidade. Há quem se aventure a chegar em Salzburg sem ingresso para tentar por intermédio de cambistas, mas o valor fica exorbitante (ingressos que custam entre 200 e 300 euros podem ser vendidos no câmbio negro por mais de 1.000 euros).

O Festival de Salzburg acontece anualmente da última semana de julho ao final de agosto. Também há um outro menor da época da Páscoa que dura apenas uns 4 dias.

Para saber mais informações sobre a cidade e o Festival, consulte os agentes de viagem da Chinatur


O CENTRO HISTÓRICO

                                                                       Fortaleza de Hohensalzburg

A cidade é relativamente pequena (apesar de ser a quarta maior do país). No entanto, é preciso caminhar muito para conhecer seus recantos e alguns lugares interessantes ficam no alto do morro, ou seja, subidas e descidas íngrimes fazem parte do trajeto. 
  • Fortaleza de Hohensalzburg
  • Mosteiro de Nonnberg
  • Abadia de São Pedro
  • Catedral de Salzburg
  • Residência dos Arcebispos
  • Igreja dos Franciscanos
  • Rua Getreidegasse
  • Museu de Mozart
  • Palácio Mirabell
  • Rua Linzergasse


Vista da cidade a partir da Fortaleza de Hohensalzburg.                 

Fonte: Internet / Workshop sobre Salzburg

LEMA DA CHINATUR: 
“Realizar o sonho do cliente através de análise da necessidade, otimizando  resultado global,  com preço justo
e cumprindo os objetivos definidos com o cliente”















quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Xangai instala postes de iluminação inteligentes


Xangai instala postes de iluminação inteligentes
Recentemente, um novo tipo de poste de iluminação inteligente foi instalado nas ruas de Xangai.

Além da função tradicional de iluminação, os postes também podem ser usados como carregador de veículos elétricos, equipamento de monitoramento de partículas de poluição PM2,5, estação base de Wifi e base de consulta de informações.


Xangai instala postes de iluminação inteligentes














Fonte: