Digite aqui o assunto que busca

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Onde ver Tokyo de cima: Tokyo Tower e Tokyo Skytree

 


Procurando por onde ver Tóquio de cima, existem dois lugares muito especiais, a Tokyo Tower e a Tokyo Skytree.

Ambas as torres oferecem ótimas vistas da cidade, mas com algumas particularidades.

Tokyo Sky Tree


A Tokyo Tower é fruto da modernização do Japão no pós guerra. A torre foi inaugurada em 1958 para abrigar as antenas retransmissoras das emissoras de rádio e TV da NHK.

E se você acha a Tokyo Tower muito parecida com a Torre Eiffel, você não achou errado. Ela é inspirada diretamente na torre francesa, entretanto, pintada de laranja e branco. E se você acha que a escolha das cores é para deixar a Tokyo Tower mais bonita, se engana. Essas cores são para cumprir os regulamentos de segurança aérea.

Tokyo Tower

A Tokyo Tower tem 333 metros de altura, é a segunda estrutura mais alta do Japão, só fica atrás da Tokyo Skytree.

A Tokyo Tower tem dois mirantes, um localizado a 150 metros de altura (Main Deck) e um menor que fica a 250 metros (Top Deck).

Vista do piso de vidro

Vista da Tokyo Tower

Vista da Tokyo Tower

Como chegar:
Existem duas estações do metrô que ficam perto da Tokyo Tower, a Akabanebashi (Linha E – Oedo Line) e a Shibakoen (Linha I – Mita Line) saída A4.

ONDE VER TOKYO DE CIMA: TOKYO SKYTREE

Quando a TV digital começou a ser implantada no Japão, os engenheiros descobriram que a Tokyo Tower era baixa demais para conseguir transmitir o novo sinal para toda cidade. E quando os japoneses são desafiados, o que eles fazer? Vão lá e resolvem! 

E em fevereiro de 2012 foi inaugurada a New Tokyo Tower, que depois foi renomeada para Tokyo Skytree. A nova torre tem nada menos do que 634 metros de altura, é a segunda estrutura mais alta do mundo, ficando atrás apenas do Burj Khalifa em Dubai, com 828 metros.

Tokyo Skytree

A Tokyo Skytree fica em Sumita, pertinho do Santuário Asakusa e a visita aos dois lugares pode ser combinada.

A torre tem dois mirantes, o Tembo Deck que fica a 350 metros de altura e o Tembo Galleria, que está a 450 metros de altura. 

E a vista é bacana, mas é tão alto que a gente mal consegue identificar as ruas, mas se o tempo estiver bom, dá para ver até o Monte Fuji.


Vista da Tokyo Skytree

Como chegar:
O acesso a Tokyo Skytree é pela estação Oshiage (Linha A – Asakusa Line e Linha Z – Hanzomon Line). Existe ali do lado a estação Tokyo Skytree, mas esta é exclusiva para os trens metropolitanos e o TS – Tobu Skytree Line.

Fonte: vounajanela.com/japao/onde-ver-toquio-de-cima-tokyo-tower-e-tokyo-skytree/

Escolha o roteiro para Japão



China antiga: uma viagem no tempo para conhecer a cultura e suas principais cidades

  De dimensões continentais, cultura milenar e tradições muito diferentes das observadas no Ocidente, a China é atualmente conhecida por ser um grande fornecedor de aparelhos eletrônicos, vestuários, brinquedos e produtos dos mais variados tipos. Considerado por muitos especialistas como a futura potência mundial, especialmente por conta de seu acelerado processo de crescimento econômico e modernização, este país localizado no coração da Ásia carrega uma rica e turbulenta história.

A China é considerada uma das civilizações mais antigas do mundo com existência contínua, uma vez que sua história está registrada em documentos que datam do século XVI a.C. e o ano de 221 a.C. é apontado como o momento em que o território chinês foi unificado em um grande império. Ao longo dos anos, diversas dinastias dominaram o país, que também registrou uma série de guerras civis, invasões e períodos de oscilação de unidade e fragmentação territorial.


Da mesma maneira que a cultura grega foi modelo para muitos dos povos ocidentais, a cultura e história da China foram responsáveis por influenciar o desenvolvimento cultural de muitos de seus vizinhos. O país também foi responsável por muitas descobertas e invenções extremamente importantes para a sociedade atual, como a bússola, o papel e a pólvora. Trata-se, portanto, de um destino incrível e que leva o turista a uma verdadeira viagem no tempo.


Principais cidades para conhecer a cultura milenar da China

Shanghai

A maior cidade chinesa é uma mistura de modernidade e tradição, perfeita tanto para quem se interessa pela rica cultura do país como para aqueles que admiram grandes e tecnológicas construções. Muitas obras importantíssimas para a história do povo chinês estão em Shanghai, tais como o belo Jardim Yu, o Templo do Buda de Jade e o antigo Templo Longhua.

Por outro lado, dois dos 10 maiores edifícios do mundo encontram-se aqui: o Shanghai World Financial Center e a Torre de Shanghai. Além disso, é possível encontrar construções como uma réplica da famosa Torre de Pisa e o Parque da Disney.


Beijing

Localizada na região norte da China, a capital Beijing é particularmente famosa por ter abrigado os Jogos Olímpicos de 2008, mas também merece destaque por ter um importante passado sociocultural e por ser o centro político e cultural do país. Em Beijing, é possível visitar diversos pontos da grande Muralha da China, além da Cidade Proibida, o Templo do Céu, o Palácio de Verão e diversos outros parques e pontos históricos.

Grande Muralha
Cidade Proibida
Templo do Céu
Palácio de Verão

Xi'an

Além de abrigar diversos monumentos seculares, templos tradicionais, museus e a maior fortaleza militar do mundo, Xian é o local onde está uma das mais impressionantes descobertas arqueológicas da história: os Guerreiros de Terracota, também conhecidos como o exército do Imperador Qin.

Este impressionante exército consiste em uma coleção de esculturas feitas de terracota, um material constituído de argila cozida no forno, que foram enterradas junto com o imperador Qin Shi Huang para protegê-lo em sua vida após a morte. As esculturas datam do final do século III a.C. e cada uma delas possui tamanho real e feições únicas (todas esculpidas em detalhes).


Chengdu

Chengdu é outra cidade que atualmente se destaca por ser um importante cento de negócios, mas faz questão de manter sua história viva. Suas principais atrações históricas, são dois bairros restaurados para ficarem idênticos a como era a cidade antigamente: Jin Li e Kuan Xiangzi, que possuem visual chinês tradicional, com arquitetura típica e lanternas orientais penduradas.

Outra importante atração da cidade é o parque dos pandas gigantes, o Giant Panda Breeding Research Base, uma estação de pesquisa de onde é possível observar os pandas bem de pertinho.


Hangzhou 

Por fim, conhecida por suas plantações de chá, Hangzhou é uma das cidades mais antigas da China e que abriga um dos principais cartões postais do país: o Lago do Oeste, famoso por suas paisagens e pelos diversos jardins e construções espalhadas a seu redor. A cidade é repleta de casas de chá, templos budistas e jardins imperdíveis.


Fonte: travelclass.tur.br/Fotos: Internet

Cidades turísticas na China - vale a pena a visita.

 

Hongcun, Huangshan

Vila de Hongcun

Se você está planejando incluir no seu roteiro de cidades para conhecer na China, locais com um clima interiorano, a aldeia Hongcun é uma ótima opção. Ela está localizada no Condado de Yixian e conta com uma história de mais de 900 anos.

Hongcun é um ponto único na China, em meio a atrações tão modernas que são comuns no país, é o ponto perfeito para fugir da urbanização. Encanta os seus visitantes com paisagens naturais e passeios tranquilos e relaxantes, em meio a um cenário incrível e único, já que a aldeia é bem caracterizada com edifícios antigos.

Se você já ouviu falar sobre a filosofia Feng Shui, que consiste em um método de organização que se baseia na ideia da relação humana e com o ambiente de forma harmônica, vai se impressionar na maneira em como ela é importante em Hongcun, onde tudo é pensado de forma a preservar o passado e o meio ambiente ali presente.

As casas em Hongcun são bem tradicionais, e passear por suas ruas já é um passeio e tanto, onde você poderá admirar mais da arquitetura tradicional chinesa herdada de dinastias bem antigas.

Hongcun é uma aldeia de água, por isso você não pode deixar de passear pelos seus lagos, como o Lago Yuezhao, que possui um formato de lua e o Lago Nanhu, que fica logo na entrada da aldeia.


Lijiang


Um dos destinos que não é comumente incluído na lista de cidades para conhecer na China da maioria dos turistas é Lijiang, apesar disso, é um local muito bonito e que merece a sua atenção.

Lijiang está situada no sopé da Montanha do Dragão de Jade, ponto famoso por possuir o seu cume nevado quase o ano inteiro. A Montanha é um dos pontos turísticos mais procurados do país, portanto, incluir Lijiang na lista de cidades para visitar na China é uma ótima opção.

Rica em paisagens belíssimas e uma história incrível, Lijiang tem sua história iniciada há mais de mil anos atrás, quando era um ponto comercial bem importante. A cultura do local mistura o tradicionalismo chinês vindo da dinastia Ming com o da etnia Naxi, criando costumes únicos.


Ainda em Lijiang você pode conhecer algumas aldeias, sendo a primeira a aldeia de Shuhe, que fica praticamente escondida no meio da floresta, sendo bem charmosa e interessante.

 Com pontos muito bonitos, como a Ponte de Qinglong, uma ponte de pedra.


Pingyao


Continuando um roteiro repleto de pontos históricos interessantes temos Pingyao, que é perfeita para incluir na sua lista de cidades para conhecer na China.

Pingyao apresenta aquele tipo de turismo que atrai as pessoas que desejam conhecer mais da parte histórica e tradicional da China. A cidade é bem famosa no turismo interno, entretanto, tem ganhado turistas estrangeiros ao longo dos anos.

Centro Histórico de Pingyao é completamente murado, o que a deixa bem charmosa, e nele é possível apreciar uma arquitetura chinesa bem tradicional, com ruas finas e enfeitadas com lanternas vermelhas e casas com telhados elaborados.


Um dos pontos turísticos mais procurados de Pingyao é o Templo de Confúcio, que fica dentro da Muralha da Cidade Antiga. Além de ser um lugar legal para conhecer mais dessa filosofia, conta com uma arquitetura única que merece ser apreciada.


Xidi


Xidi está localizada na província de Anhui, e junto da aldeia de Hongcun, é um dos pontos mais belos da China, e que vem atraindo a cada ano que se passa mais turistas, tanto chineses como visitantes internacionais.


Passear pelas ruas de Xidi é o principal passeio para se fazer por lá, apreciando os riachos que a atravessam e a arquitetura das casas com paredes brancas e telhados pretos. Suas ruas são estreitas e calçadas com pedras, e o mais interessante é como todas as casas do local foram construídas de maneira bem parecida.


Zhuhai


Apesar de ser maior que algumas das aldeias acima citadas, Zhuhai ainda é pequena quando comparada com outras cidades turísticas da China, no entanto, é um local encantador que abraça esse meio termo, mostrando traços da modernidade sem perder o tradicionalismo.

Zhuhai normalmente não é incluída na lista de cidades para visitar na China dos turistas estrangeiros, entretanto, é um local diferente e repleto de ótimas atrações, que com certeza irá te surpreender.


Zhuhai é uma cidade litorânea, consequentemente em sua Orla você irá encontrar diversas atrações. Caminhar por lá é outro passeio que você não pode deixar de fazer, apreciando o mar e conhecendo diversos restaurantes.

Outros pontos bem legais para conhecer em Zhuhai são:Parque Haibin, que conta com um parque de diversões e uma área verde bem grande, ótima para relaxar, o Port Plaza, que é um conjunto de lojas subterrâneas e o Museu Zhuhai, para conhecer mais da história local, além de possuir um prédio muito bonito.

Guilin


O local é famoso pelas suas paisagens naturais, que são de tirar o fôlego.

A beleza de Guilin é considerada singular e exótica, as colinas do local formam uma paisagem única quando vistas de perto do rio ou dos lagos existentes ali. Guilin já foi inspiração para vários artistas chineses ao longo dos anos.

Comparada a várias das cidades para visitar na China, Guilin é uma cidade grande, com cerca de 4 milhões de habitantes. É um local bem preparado para os turistas, repleta de boas hospedagens e ótimos restaurantes.

inúmeras atrações turísticas em Guilin, a maioria delas é ligada à natureza, como a Elephant Trunk Hill, que consiste em um paredão natural que remete ao formato de um elefante.


Shenzhen


Shenzhen, conhecida por ser a cidade mais rica do país e um importante centro econômico.

Shenzhen é um local bem famoso e consequentemente possui atrações diversas e bem interessantes. Apesar de ser uma cidade bem moderna, ela é diferente dos locais mais visitados pelos turistas, proporcionando uma experiência de viagem única.

A modernidade da sua arquitetura contrasta perfeitamente com as suas paisagens naturais, em especial as suas praias, que você não pode deixar de conhecer caso decida incluir Shenzhen na sua lista de cidades para visitar na China.

Splendid China Park é um dos pontos mais incríveis de Shenzhen, no local você pode apreciar diversas miniaturas de pontos turísticos importantes da China. Na mesma área você pode visitar o Folk Culture Village, uma vila que apresenta mais sobre a cultura do povo chinês.


Repleta de modernidades, a região OCT Bay é perfeita para apreciar um pouco mais da arquitetura atual da cidade, além disso, conta com um show 3D feito de luzes e águas que é bem impressionante.

Fonte: ficaativoeviaja.com.br/cidades-da-china/

Escolha o roteiro para conhecer a China Exótica