Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sábado, 17 de fevereiro de 2018

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Festa da Primavera da China


Imagem relacionada

 Confira algumas curiosidades sobre o Ano Novo chinês, ou Festival da Primavera.

chinanewyear.jpg

Os chineses comemoraram a virada do dia 31 de dezembro de leve, pois a festa mais aguardada vai acontecer depois: o calendário civil chinês é lunissolar: indica não só a posição em relação ao sol como também a fase da lua. Por conta da peculiaridade de começar o ano baseado nos ciclos da lua, o ano novo chinês pode cair em qualquer data entre o final de janeiro e o meio de fevereiro. Seguindo o ano novo desse calendário, os chineses vão festejar 2018 no dia 16 de fevereiro.

Resultado de imagem para Festa da Primavera na china

Conhecido como o Festival da Primavera, a festa dura 15 dias, entre muitas danças típicas, fogos de artifício e cerimônias religiosas. 


Resultado de imagem para Festa da Primavera na china

Curiosidades:
Os chineses se preparam para o festival realizando uma grande limpeza em suas casas, roupas e utensílios: depois, escondem-se as vassouras para que “a boa sorte não seja varrida embora”. Então começa a decoração das salas previamente limpas, com poemas nas portas em caligrafia chinesa em nanquim no papel vermelho, contendo os pedidos dos moradores por boa sorte no ano que está chegando. Também inclui imagens de divindades da fortuna para afugentar maus espíritos e atrair paz e abundância.

Resultado de imagem para Festa da Primavera na china

O Ano Novo Chinês é pura arte: as danças são um deleite aos olhos, aos ouvidos. As danças do Leão e do Dragão, por exemplo, com suas coreografias meticulosas e suas performances fantásticas merecem ser diferenciadas: na Dança do Dragão, são necessárias muitas pessoas que manipulam um fantoche em forma de serpente, que realiza movimentos sinuosos, capturando o olhar. 

Resultado de imagem para Festa da Primavera na china

Fonte: Internet


Curiosidades sobre o Festival da Primavera na China

China celebra Festival da Primavera

Hoje, dia 16 de fevereiro, é o primeiro dia do Ano Novo Chinês. Neste dia, os chineses não trabalham e abraçam de todas as formas a data mais importante e tradicional do país, o Festival da Primavera. Neste momento, o país inteiro mergulha em alegria e festeja por todos os lados. É experimentado as tradições em lugares diferentes da China.
Resultado de imagem para festival da primavera china
Para sentir melhor o ambiente festivo, o ideal é ir aos mercados que vendem produtos para o ano novo chinês. 
Resultado de imagem para mercados que vendem produtos para o ano novo chinês.
O Festival da Primavera é celebrado com muitas festividades durante o seu período, em todos os lugares do país. Datada de mais de 1.700 anos, a feira de lanternas Qinghuai, em Nanjing, é conhecida nacionalmente por ser uma feira folclórica com maior duração, número de visitas e escala.
Beijing (3n) – Xian (2n) – Nanjing (2n) – Hangzhou (2n) – Suzhou (1n) – Shanghai (2n)
Apreciar as flores é uma atividade indispensável na região sul da China. Conhecida como cidade de flores, Guangzhou já conta com mais de 1.700 anos de história. Sua feira de flores é uma paisagem única da China. Neste Festival da Primavera, a cidade promove um evento tendo as flores como tema, para atrair mais visitantes e turistas a passarem o Ano Novo Chinês em Guangzhou.

Beijing (3n) – Xian (2n) – Shanghai (2n) – Guilin (1n) – Guangzhou (1n)
Durante o Festival da Primavera, muitas pessoas frequentam as feiras dos templos para lembrar-se dos costumes e tempos passados. No Museu do Grande Canal de Luoyang, cidade da província de Henan, está sendo realizada uma festa que tem como tema a recordação dos tempos antigos. Os jogos clássicos como rodar peão, pular corda, e atirar saco de areia são abertos aos visitantes.
Resultado de imagem para festival da primavera china nos templos
Apesar das comemorações do Ano Novo Chinês serem diversas e de estilos diferentes, a harmonia, paz e reunião familiar têm sido sempre o desejo dos chineses quanto ao Festival.  
Resultado de imagem para festival da primavera china nos templos
Fonte: CRIOnline

Hoje dia 16 de fevereiro de 2018 tem início o Ano Novo Chinês.

Festival da Primavera 2018




quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

China lança projeto de big data da Terra

Beijing, 14 fev  -- A China lançou um projeto científico de big data da Terra, de acordo com a Academia Chinesa de Ciências (ACC).
O projeto de plataforma de serviços em nuvem tem como objetivo estabelecer um centro internacional aberto para big data da Terra. É um dos 19 projetos de pesquisa de alta tecnologia estratégica da classe A lançados pela ACC desde 2011.
Guo Huadong, acadêmico do Instituto de Sensoriamento Remoto e Terra Digital da ACC, e diretor do projeto, disse que o projeto integrará a infraestrutura de ciência e tecnologia com a pesquisa em recursos, meio ambiente, biodiversidade e ecossistemas.
O projeto visa obter avanços na ciência de sistema da Terra, ciência de vida, e disciplinas associadas.
O compartilhamento de dados é o método principal para realizar o big data da Terra, por integrar as informações de ciências da Terra multidisciplinares.
O big data da Terra tem vantagens de ser mais preciso, mais científico e mais oportuno. Espera-se que impulsione a aplicação eficiente e o compartilhamento de big data em ciência.
O big data da Terra é uma nova área de geociência e ciência da informação, e uma nova ferramenta para compreender a Terra.
Fonte: Agência Xinhua

China decorada a rigor para receber Festival da Primavera

China decorada a rigor para receber Festival da Primavera

Diferentes cidades por toda a China foram decoradas para receber o Ano Novo Lunar Chinês.

China decorada a rigor para receber Festival da Primavera
China decorada a rigor para receber Festival da Primavera
China decorada a rigor para receber Festival da Primavera
China decorada a rigor para receber Festival da Primavera
China decorada a rigor para receber Festival da Primavera

Fonte: Diário do Povo Online

www.chinatur.com.br


quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Como a cultura japonesa comemora a chegada do Ano Novo, muita paz e serenidade.

O vídeo abaixo, demonstra como os japoneses, esperam a chegada do Ano Novo e como cultuam o primeiro dia do Ano visitando os Templos com seus familiares, reverenciam os membros mais idosos e crianças da família e a visita ao Palácio Imperial em Tóquio que nesse dia é aberto para que o Imperador e sua família desejam um bom ano a todos na varanda de sua residência.


Abaixo alguns roteiros que a Chinatur oferece para viagens ao Japão, durante todo o ano, consulte(011) 3292-9240 para conhecer todos os roteiros.



Osaka (2n) – Kyoto (2n) – Gero/Takayama (1n) – Hakone (1n) – Tokyo (3n)


Tokyo (3n) – MT. Fuji – Kyoto (2n) – Nara

Tokyo (2n) – Nagoya (1n) – Toba (1n) – Katsuura (1n) – Osaka (1n) – Kyoto (3n)

www.chinatur.com.br

Festival de lanternas inaugurado em Nanjing

Festival de lanternas inaugurado em Nanjing

A 32ª edição do Festival de Lanternas Qinhuai foi inaugurado no domingo (11) em Nanjing, capital da província de Jiangsu.
Festival de lanternas inaugurado em Nanjing
Um total de 234 lanternas, 90 a mais do que no ano passado, serão exibidos no festival que decorrerá até o fim de março.
Festival de lanternas inaugurado em Nanjing
O festival faz parte das atividades comemorativas do Ano Novo Chinês.
Festival de lanternas inaugurado em Nanjing
Com uma história milenar, o festival foi recuperado no ano de 1986, tendo sido catalogado na lista do patrimônio cultural imaterial da China em 2006.
Festival de lanternas inaugurado em Nanjing
Festival de lanternas inaugurado em Nanjing
Nos últimos 32 anos, mais de 120 milhões de viajantes frequentaram o festival. Só no festival de 2017, mais de 15 milhões de pessoas participaram no evento. 
Festival de lanternas inaugurado em Nanjing
Fonte: Diário do Povo Online

Visita de Xi Jinping nas montanhas remotas do sudeste da China

CHENGDU, 14 de fev - Antes do Ano Novo Chinês, o presidente Xi Jinping visitou várias famílias pobres nas montanhas remotas do sudoeste da China, inspecionando a área atingida pelo terremoto e se juntando aos aldeões nas preparações do festival mais importante para os chineses.

Xi Jinping: “O meu trabalho é servir o povo”
O presidente chinês, Xi Jinping, também secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e presidente da Comissão Militar Central, expressou os votos para o Festival da Primavera durante uma visita à vila de Zhanqi, distrito de Pidu, em Chengdu, província da Sichuan, a 12 de fevereiro de 2018.
Em Zhanqi, uma vila na província de Sichuan, o espírito festivo era perceptível. Os aldeões prepararam pratos típicos, escreveram faixas de ano novo e saíram à rua para tirar fotos de família.
Quando Xi Jinping chegou, foi cercado pela alegria dos aldeões que expressaram os melhores votos de ano novo.
Xi Jinping: “O meu trabalho é servir o povo”
"O meu trabalho é servir o povo, permitir que as pessoas vivam uma vida próspera é a nossa aspiração original como comunistas", disse Xi.
Na aldeia, Xi assistiu às demonstrações de como os aldeões usam a Internet para realizar negócios agrícolas e vender artesanato local.
Xi Jinping: “O meu trabalho é servir o povo”
Xi apelou mais tarde, aos quadros do Partido local e funcionários do governo, a que seja defendido desenvolvimento centrado nas pessoas.
"Devemos preocupar-nos sempre com aquilo com que as pessoas se preocupam, amá-las e deixá-las beneficiar também", reiterou Xi.
Xi Jinping: “O meu trabalho é servir o povo”
O presidente disse que as questões que mais preocupam os locais - educação, emprego, cuidados de saúde, segurança social e ordem - devem ser devidamente tratadas para permitir que todos se sintam mais abonados, felizes e seguros. 
Xi Jinping: “O meu trabalho é servir o povo”
Fonte: Diário do Povo Online

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Cavernas Sagradas na China

Cavernas Longmen 
 Cem mil estátuas budistas estão espalhadas pelos 1.000 metros das cavernas Longmen, situadas no sul da cidade chinesa de Luoyang, entre as montanhas Xiang e Longmen. 
São ainda 2.300 grutas, 2.800 monólitos entalhados e 40 pagodes, todos construídos ao longo de 400 anos, quando no ano 493 o imperador Xiaowen da dinastia Wei decidiu mudar a capital de seu reino para lá. 
É um dos maiores exemplos da arte budista chinesa, representando não somente a crença, mas os costumes de toda uma era. As grutas foram declaradas Patrimônio Mundial pela Unesco em 2000.
Cavernas Mogao 
 O maior conjunto de arte budista do mundo está localizado na cidade de Dunhuang, na província de Gansu, na China. São 735 grutas com mais de 45 mil m² de pinturas murais e mais de 2.000 esculturas,sendo boa parte representações de buda, ganhando o nome de "Montanhas dos Mil Budas". 
Sua construção iniciou no ano 366, durando até o século 14. Localizado em um ponto privilegiado da antiga rota da seda, retrata a evolução da arte budista ao longo de mil anos. É considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco desde 1987.
Fonte: Internet

Turismo na Indonésia - BALI

Resultado de imagem para bali
População: 3.891.428 hab
Fuso horário: +11h (horário de Brasília)
Línguas: bahasa indonésio
Saúde: É necessário tomar vacina contra febre amarela
Praia Tanah Lot, em Bali, Indonésia
Um dos cenários do filme Comer Rezar Amar,  Bali mostra-se uma ilha da Indonésia com uma atmosfera especial. É, sim, paradisíaca, quente, viva, festiva e também um dos lugares que mais celebra o hinduísmo e o budismo, com cerca de 10000 templos espalhados em seu território. 

Mais populoso país islâmico do planeta, a Indonésia possui um forte elemento hindu em locais como Bali. Aqui, a maioria da população venera os deuses indianos, como Ganesh, patrono da sabedoria, artes e ciências
Mais populoso país islâmico do planeta, a Indonésia possui um forte elemento hindu em locais como Bali. Aqui, a maioria da população venera os deuses indianos, como Ganesh, patrono da sabedoria, artes e ciências.

A vida em Bali se organiza em vilarejos, o trânsito revela-se caótico, mas aos turistas interessam os melhores pontos turísticos, praias e a natureza.

Ao mergulhar em Bali, o turista pode se deparar com a exuberante população marítima da região
Ao mergulhar em Bali, o turista pode se deparar com a exuberante população marítima da região.
De atmosfera inspiradora, a cidade de Ubud é considerada o centro cultural de Bali e costuma atrair os amantes das artes. Não faltam bons motivos para uma passagem por lá: vilas de moradores, artesanato, museus, galerias, palácios, spas, um povo muito amistoso etc. 

Resultado de imagem para ubud bali
As atrações turísticas em Ubud Bali são muito conhecidas, tanto na Indonésia como no exterior, distrito que tem uma localização situada entre os campos e a área da floresta flanqueada por riachos com rios, o que torna esta localização, uma natureza muito bonita. Ubud, a área da arte é muitas vezes referida como uma vila internacional. Todos os que conhecem as atrações turísticas Ubud Bali certamente dizem que Ubud é digna de assumir o título de uma vila internacional.

E mais – as paisagens formadas pelas plantações de arroz criam um cenário único. 

O arroz é parte fundamental da alimentação dos indonésios e cada centímetro de terra é utilizado para plantá-los em terraços alagados, como aqui, em Bali
O arroz é parte fundamental da alimentação dos indonésios e cada centímetro de terra é utilizado para plantá-los em terraços alagados, como aqui, em Bali 
Em Kuta, praias, apresentações de danças típicas, festas noturnas de arrasar e um mar agitado reúnem surfistas e aqueles que buscam diversão. Kuta possui as melhores praias de Bali, uma faixa de 8 km de areia limpa que é um ímã para surfistas e banhistas. 

Kuta

 Em Lovina, um dos melhores programas é assistir ao extraordinário pôr-do-sol.

Resultado de imagem para lovina bali

Fonte: Internet