Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Dicas de turismo e roteiros de viagem para fazer na China

Resultado de imagem para china turismo

Se você pretende visitar a China algum dia em sua vida, pode se deparar com um problema bem comum entre os aventureiros que também escolheram esse destino: onde ir em um país com tamanhas dimensões? Para te ajudar nessa difícil escolha, abaixo alguns lugares e roteiros de viagem pela China que, sem dúvida nenhuma, valem a pena visitar. Confira!

Dicas de turismo e roteiro para fazer na China

Beijing 

Resultado de imagem para beijing

Cidade Proibida
Beijing (3n) – Xian (2n) – Shanghai (2n)

Em sua primeira viagem ao país, nada melhor do que começar pelo básico: a capital. Beijing tem como maior símbolo a rosa, que é espalhada aos montes em canteiros e jardins pela cidade. A visita já começa valorizada, pois Beijing abriga 4 dos 48 Patrimônios da Humanidade tombados pela Unesco. Dentre as maravilhas encontradas na capital estão a Muralha da China, a Cidade Proibida, o Templo do Céu e a Cidade Olímpica. Além disso, você também poderá visitar uma das ruas mais típicas do país, a Wangfujing, famosa por seus espetinhos diversos e pelo restaurante Quanjude, um dos responsáveis por servir o Pato de Pequim, prato de maior representatividade da culinária nacional chinesa, como se fosse a feijoada para nós brasileiros.

Resultado de imagem para a grande muralha da china
A Grande Muralha

Resultado de imagem para templo do ceu
Templo do Céu

Resultado de imagem para Wangfujing
Wangfujing

Resultado de imagem para pato de pequim
Pato de Pequim

Shanghai 

Dicas de turismo e roteiro para fazer na China Shanghai

Muitas vezes comparada com as grandes metrópoles mundiais como Nova York, Tóquio e Singapura, Shanghai,  é a maior cidade da China e conta com uma população de mais de 24 milhões de pessoas, de todos os tipos e lugares do mundo. A cidade, dividida em dois lados pelo rio Huanpu, carrega consigo o antigo e o novo, a tradição e a modernidade, o burburinho e a calmaria. Entre os turistas, é famosa por seus marcos históricos como o Templo de Jin’an, o Jardim Yu e o Tiazinfang, um local charmoso cheio de galerias de arte. Outras atrações são seus museus, entre eles o Museu de Shanghai e Museu de Arte da China.

Shanghai (2n) – Beijing (3n)

Resultado de imagem para jardim yu shanghai
Yu Garden

Resultado de imagem para Templo de Jin’an shanghai
Jin'an Temple
Resultado de imagem para museu de shanghai
Museu de Shanghai
Imagem relacionada
Museu de Arte da China
Resultado de imagem para Tianzifang shanghai
Tianzifang

Hangzhou e Suzhou 

Resultado de imagem para hangzhou
Hangzhou
Duas cidades próximas a Shanghai que receberam o apelido de “Veneza Oriental”, por serem cortadas por rios e canais navegáveis por gôndolas. No primeiro destino, as principais atrações são os templos, as plantações e a cerimônia tradicional do chá.Suzhou se destaca pelo Mercado das Pérolas e o Museu da Seda.
Beijing (3n) – Hangzhou (2n) – Shanghai (2n)

Beijing (3n) – Hangzhou (2n) – Suzhou (1n) – Shanghai (2n)

Resultado de imagem para suzhou china
Suzhou
Chengdu
Imagem relacionada

Para fechar a visita com chave de ouro, não pode faltar no seu roteiro a surpreendente cidade dos pandas.  Localizada na província de Sichuan, no sudoeste da China, Chengdu possui uma espécie de Jardim Zoológico gigante só com pandas!
Beijing (3n) – Xian (2n) – Chengdu (2n) – Shanghai (2n)

Imagem relacionada
É claro que essas cidades representam apenas um pedacinho da diversidade cultural e territorial do país. Mas, já é um bom começo para sua primeira visita! 
Fonte: www.wefashiontrends.com/Deisi.


Viagem para Macau - China

Macau, é um pequeno território chinês com cerca de 30 quilômetros quadrados. É uma fusão do Oriente e do Ocidente com estilos de vida, arquitetura e comida. Conhecida por seus enormes cassinos e por ser a maior cidade de jogos de azar do mundo , possui algumas atrações populares para os turistas visitarem.
Resultado de imagem para macau
mapa

Macau é uma Região Administrativa Especial (SAR) da República Popular da China. Localizada na costa sudeste da China , faz fronteira com a província de Guangdong da China continental ao norte. Está a cerca de 60 quilômetros (37 milhas) a sudoeste de Hong Kong .

Macau é constituída pela própria Península de Macau e pelas ilhas da Taipa e Coloane, que agora estão ligadas por aterros que formam a faixa de Cotai.
Fotos de Macau - China
Macau possui "Alto Grau de Autonomia", gozando por isso de um estatuto especial, semelhante ao de Hong-Kong, limitado apenas no que se refere às suas relações exteriores e à defesa. 
Macau - China
Macau city
Esta região especial está situada na costa meridional da China, na ligação entre o Interior da China e o Mar do Sul da China, a 145 km de Cantão. 
Macau - China
Macau faz fronteira com a Zona Econômica Especial de Zhuhai a norte e a oeste, logo é adjacente à província de Guangdong. Outras principais cidades próximas de Macau incluem a Zona Econômica Especial de Shenzhen. 
Resultado de imagem para macau
A economia de Macau é em grande parte baseada no setor terciário, nomeadamente no jogo de fortuna e azar e no turismo. Outras atividades importantes são a indústria têxtil e a produção de fogo-de-artifício, brinquedos, produtos eletrônicos e flores artificiais,  e a construção civil. 

Resultado de imagem para macau
Resultado de imagem para macau
Resultado de imagem para macau
Fontes: cidadesemfotos.blogspot.com.br/vounajanela.com

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Viagem para o Japão - Koyo - as flores que colorem o Outono japonês

Imagem relacionada

O Japão possui uma importante tradição no culto à flores. Cada estação do ano tem um florescimento específico, atraindo milhares de turistas todos os anos. O acontecimento movimenta as cidades, que se preparam para os visitantes e revelam cenários paradisíacos com milhares de flores colorindo o país.Após a famosa estação das cerejeiras (Sakura) que florescem em tons de rosa na primavera, o outono chega com a coloração vermelha e alaranjada em meados de setembro a outubro.

Nagoya (1n) – Toba (1n) – Katsuura (1n) – Osaka (1n) – Kyoto (1n) – Tokyo (3n)

Resultado de imagem para koyo no japao

Koyo no Japão
Japão ganha cores vermelho e laranja com o Koyo
Foto: anisa.com.br
Tokyo (3n) – Kyoto (3n) – Takamatsu (1n) – Dogo Onsen (1n) – Kochi (1n) – Kobe (1n)

 Koyo – Tradição anual e festivais

A mudança chamada “Frente Koyo” acontece do sul para o norte do Japão e é neste momento que asfamílias japonesas visitam pontos turísticos e tradicionais, algumas vezes usando quimono e realizando festas folclóricas pelas ruas de cidades como Tóquio. A arte de apreciar o Koyo no Japão é chamada de “Kōyō-gari” ou “Momijigari”, que significa folhas vermelhas. O nome também se refere a uma das árvores mais famosas do país. Ao todo, são cerca de 10 mil árvores que colorem de sul a norte do Japão anualmente.Enquanto elas florescem, vários festivais acontecem, com a apresentação de música local (artistas tocam flauta e taiko), comidas típicas e performances de culto à natureza. Os japoneses e turistas aproveitam para tirar muitas fotos e fazer piqueniques com a família nos parques e jardins. Uma boa opção para conhecer melhor as tradições do país.
Resultado de imagem para koyo no japao
Locais onde acontecem os festivais do Koyo no Japão
Kotohira e Kumano Nachi, onde acontecem os festivais de Koyo no Japão
Fotos: delazecaalamesa.com / japan-guide.com
Osaka (2n) – Kyoto (2n) – Takayama (1n) – Hakone (1n) – Tokyo (3n) – Nagoya (1n) – Toba (1n) – Katsuura (1n) – Osaka (1n)
O Frente Koyo, ou estação das flores de outono, é um dos momentos paradisíacos valorizados pelo Japão, que marcam o culto e agradecimento à natureza e claro, a continuidade das tradições locais. 
Fonte: oficinadeinverno.com.br

Turismo na China - Shanghai

Durante um século, o Bund foi um dos símbolos mais reconhecíveis e o orgulho de Shanghai. A arquitetura ao longo do Bund é um museu vivo da história colonial do 1800s. Você nunca esteve em Shanghai se não viu o Bund.

Resultado de imagem para bund em shanghai
  • Chinês:外滩 wài tān / por que tan / 'Outer Beach'
  • Duração: 1,5 km (0,93 milhas)
  • Atividades populares: fotografia, passear, ver a paisagem noturna, fazer um cruzeiro
  • Adequado a: amantes da história, entusiastas da fotografia
  • Tempo necessário: 1-2 horas
Resultado de imagem para bund em shanghai

As melhores coisas para fazer no Bund

Caminhada ao longo do Bund para apreciar os edifícios históricos
O bund
Os edifícios históricos no Bund
O Bund é um trecho de uma milha de extensão do passeio à beira-mar ao longo do rio Huangpu. A oeste deste trecho estão 52 edifícios de vários estilos arquitetônicos, incluindo estilos góticos, barrocos e neoclássicos. É muitas vezes referido como "o museu de edifícios" .
Resultado de imagem para parque huangpu shanghaiA melhor maneira de apreciar os edifícios é fazer uma caminhada ao longo do Bund . Caminhando entre os complexos arquitetônicos, você terá uma melhor compreensão do charme do século-longo desta cidade.

  • Início: Broadway Mansions
  • Acabamento : Torre de Sinal Meteorológica
  • Distância : 1,3 km
  • Tempo necessário : 2½ horas
  • O que você não deve perder: um museu no Astor House Hotel; Uma galeria de cartazes de filmes no Peace Hotel; O teto de mosaico bonito de Hong Kong e Shanghai Bank; A parede dos amantes ou a parede do Valentim.
  • Melhores tempos  para caminhar: Pode ser feito de dia ou de noite; Durante a noite os edifícios estão fechados, mas a visão noturna do Bund é incrível.
  • Leve:  um guarda-chuva ou um casaco de chuva nas estações chuvosas, e um chapéu e sol creme em dias ensolarados. Prepare um pouco de água e comida. 
Resultado de imagem para bund em shanghai

Mapa de Andar do Bund

Passe algum tempo no Parque Huangpu

No extremo norte do Bund é Huangpu Park. É como um pequeno oásis situado entre o Bund e agitado áreas de compras. O gramado e os jardins  destacam-se especialmente porque não há muito espaço verde nesta parte de Shanghai.
É um lugar maravilhoso para descansar e tirar fotos, de dia ou de noite.
 Resultado de imagem para Parque Huangpu
Beijing (3n) – Shanghai (2n)

Fonte: ChinaHighlights / Roteiros: CHINATUR

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Turismo em Hong Kong

O que fazer em Hong Kong - China

Resultado de imagem para hong kong

Hong Kong é uma das cidades mais fascinantes da Ásia, rivalizando com ninguém menos que Singapura. Antiga colônia britânica, a cidade ainda mantém sua forte ligação cosmopolita com o ocidente, passear por lá, é como andar por Londres ou Nova York.

Turistar em Hong Kong é muito simples, a rede de transporte metroviário deles é incrível e chega a todos os pontos turísticos, muitos passeios também podem ser feitos a pé.

Resultado de imagem para hong kong


 The Peak. O ponto mais alto da cidade e de onde a gente tem uma vista sensacional de Hong Kong, incluindo a baía e Kowloon.

O passeio já começa com a subida pelo The Peak Tram, o funicular que sobe e desce o morro há mais de um século. Não deixe também de explorar as trilhas pela montanha, é super seguro e fácil de fazer.


Depois do The Peak, volte para Kowloon e voltar de barco, pelo lendário Star Ferry. O barco dos anos 60 que faz a travessia entre a Ilha de Hong Kong e o continente em um serviço que existe desde 1898.
O Star Ferry é a melhor e mais barata maneira de apreciar a vista da baía, com o paredão de prédios de Hong Kong de um lado e Kowloon do outro.
Depois da travessia, visite dois parques, primeiro o Garden Of Stars, um parque suspenso que foi construído em uma área revitalizada e de onde a gente tem uma vista da Ilha de Hong Kong.
Perto dali fica o Parque Kowloon, outro parque enorme bem no coração da cidade.
Parque Kowloon
Para fechar o dia, siga em direção a orla de Tsin Sha Tsui para ver o lindo pôr do sol. Com o cair da noite e os prédios da Ilha de Hong Kong se iluminando e acompanhado do show de luzes, o Symphony of Lighs.
show de luzes de Hong Kong
O maior Buda sentado ao ar livre do mundo e atrai milhares de turistas todos os dias durante a alta temporada. Quem não gosta de lugares cheios, a boa notícia é que ele fica mais tranquilo durante alguns meses do ano, especialmente de fevereiro a maio.
Grande Buda
Visite também o Po Lin Monastery, o maior templo budista de Hong Kong. Lindo por fora e impressionante por dentro, esbanjando detalhes em vermelho e dourado. No entorno do templo tem jardins lindos, cheio de cantinhos especiais e bem tranquilos.
Resultado de imagem para po lin monastery hong kong
Aproveite a fantástica rede metroviária da cidade para se afastar um pouco do grande centro e ir até Sha Tin, nos Novos Territórios, quase na fronteira com a China continental para visitar o Templo dos 10 mil Budas de Hong Kong.
Passear pela Canton Road para ficar admirado com o show de luzes que as vitrines das marcas mais caras e exclusivas podem proporcionar. 
Mas se você realmente quiser fazer umas comprinhas sem gastar uma pequena fortuna, não longe dali fica o Mercado Noturno da Temple Street, um mercado super tradicional que vende de tudo, de jóias até claro, as melhores lembrancinhas que você poderá encontrar.
Fonte: www.vounajanela.com