Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Turismo em Cuba e na sua capital Havana - Chinatur também te leva até lá

Resultado de imagem para cuba

Cuba, oficialmente República de Cuba, é um país insular localizado no mar do Caribe, na América Central e Caribe. O arquipélago cubano consiste na ilha principal de Cuba, além da Ilha da Juventude e de várias ilhas menores.
Capital: Havana
Presidente: Raúl Castro
População: 11,48 milhões (2016) Banco Mundial
Moedas: Peso convertível, Peso cubano
Governo: Ditadura, República, Presidencialismo, República unitária, Estado comunista, Estado socialista, Uni partidarismo.Resultado de imagem para cuba
Cuba é um país que atrai muitos turistas por dois motivos: primeiro porque é uma ilha situada no mar do Caribe, portanto possui praias paradisíacas. Segundo, pela sensação de estar em um país que parou no tempo. Cuba é um país de contrastes: ao mesmo tempo vê-se muita cultura, muita história, muita beleza e um povo muito amistoso e caloroso; mas lida-se também com as dificuldades de um país que não acompanhou as evoluções do mundo moderno. O importante é que: quem faz turismo em Cuba se apaixona pelo lugar, pela sua gente e sai de lá sempre a recomendar a visita ao país.

Resultado de imagem para cuba

Havana: o destino mais procurado

Resultado de imagem para havana

Resultado de imagem para havanaJá ouviu falar na expressão “a cidade é um museu a céu aberto”? Ela deveria ser exclusiva da cidade de Havana. É impressionante a sensação de se estar de volta aos anos 50, com os carros antigos e os prédios exatamente como eram nos tempos da Revolução, que aconteceu em 1959. Muitos prédios, especialmente os hotéis e museus foram restaurados pelo governo e têm melhores condições, valorizando a arquitetura do lugar.

O que visitar em Havana

Resultado de imagem para plaza de la revolucion havana

Plaza de la Revolucion – Um dos pontos mais famosos da cidade e está sempre repleta de turistas. Ao redor desta enorme praça estão muitos prédios comerciais e os famosos murais dos revolucionários Che Guevara e Camilo Cienfuegos.



Capitólio Nacional é a construção mais imponente de Havana. Sua estrutura impressiona, e mais impressionante ainda foram os custos para construir um prédio com tanta suntuosidade em uma cidade cercada de prédios por desabar.  Ele tem uma intrigante semelhança com o capitólio de Washington, nos EUA, mas é ainda maior. Ele foi construído para ser a sede do Governo, mas hoje abriga a Biblioteca Nacional e a Academia Cubana de Ciências.

Imagem relacionada

Resultado de imagem para museo de la revolucion cuba
Museo de La Revolucion um dos museus mais importantes da cidade, que conta a história da Revolução, retrata como ela deu forma a Cuba da forma que está hoje. Em recortes de jornais, muitas fotografias e falas dos revolucionários, as salas explicam a história da revolução cubana e a tomada de Fidel frente aos americanos. Problema: o museu é todo em espanhol, não há traduções.
Resultado de imagem para museo de la revolucion cuba
Resultado de imagem para Real Fábrica de Tabacos Patargás havanaReal Fábrica de Tabacos Patargás – uma das mais tradicionais e antigas fábricas dos famosos charutos cubanos fica em Havana.  O prédio da fábrica é bonito por dentro e por fora, vale a pena dar um passeio por dentro. Atenção: nessa mesma rua muitas pessoas oferecem charutos a baixo preço: não compre, boa parte deles são falsificados. Leve um real charuto cubano para casa, alguns são bem caros, outros têm preços acessíveis.
Malecón – Malecón é uma antiga avenida de Havana que é um dos símbolos da cidade. Beira-mar, Malecón possui um extenso calçadão onde o povo cubano gosta de passear, se exercitar, casais de namorados se encontram e muitos pescadores pescam o peixe de cada dia. É bonita, típica e pode-se ver um belo pôr-do-sol.
Resultado de imagem para malecón havana

CoppeliaCoppelia  a tradicional sorveteria cubana é disputadíssima, por isso sempre há muitas filas. Não desanime, vale a pena. Apesar do número de sabores serem limitados, os sorvetes são bem saborosos, típicos do país e ajudam a aliviar o calor que faz por lá.

Plaza de La Catedral –  a praça, construída no século 18 possui vários prédios em estilo barroco e é um belo cenário para fotografias. Seu nome é por causa da Catedral de San Cristóbal de la Habana, que tem uma arquitetura muito curiosa. Nessa praça você vai encontrar várias pessoas que lêm a sorte dos transeuntes, alguns restaurantes, incluindo o La Bodeguita Del Medio, indicado abaixo.

Resultado de imagem para plaza de la catedral havana

Resultado de imagem para la bodeguita del medio habana
La Bodeguita del Medio – é o bar mais famoso de Havana por ter sido o favorito de Hemingway, Fidel e Nat King Cole. 

A decoração do lugar é típica e cheia de escritos deixados por famosos e anônimos que passaram por lá. 

Imagem relacionada



É um ponto obrigatório para ouvir salsa e tomar um mojito. Os preços são para turistas, mas vale a pena.




Fonte: Internet


A CHINATUR além de ser   

também faz turismo nas Américas, consulte aqui >>>

Turismo - Shirakawa-go – Japão: a aldeia que é Patrimônio Mundial

Shirakawa-go é uma simpática cidade de montanha, a cinquenta minutos de ônibus de Takayama, na região de Gifu, "Takayama: uma típica cidade do interior do Japão“. A aldeia é conhecida por suas típicas casas em estilo gassho e por sua belíssima paisagem de montanhas e florestas, que representam 96% da área.

Imagem relacionada

Essas tradicionais construções, que deram a Shirakawa-go o título de Patrimônio Cultural Mundial, têm telhado de palha de arroz em forma de triângulo, com inclinação de 60 graus para permitir que a neve pesada – que às vezes chega a quatro metros de espessura – deslize com mais facilidade da cobertura. As palhas são todas presas por amarrações em corda à estrutura de madeira das casas.

Shirakawa-go, Japão

Não se usa prego ou cimento para nada. Suas trocas precisam ser feitas de tempos em tempos por conta do desgaste natural e, quando acontecessem, mobilizam centenas de moradores da região, além de voluntários que vêm de várias partes do país para ajudar. O método de trabalho comunitário compartilhado é um costume de muitos séculos e até hoje ele exerce um importante papel na vida dos moradores de Shirakawa-go.

Shirakawa-go, Japão

As casas maiores da vila têm entre quatro e cinco andares. Antigamente, o primeiro andar era onde viviam as famílias, o segundo quarto dos funcionários, o terceiro área de trabalho, o quarto servia para armazenamento de comida para as épocas de muito frio e o último para criação de bicho da seda.

Shirakawa-go, Japão

MIRANTE DE SHIROYAMA

Um lugar para se ter uma bela vista panorâmica das construções em estilo gassho é o mirante de Shirakawa-go. Logo na entrada da vila há um ponto de ônibus que leva os visitantes até o observatório. A subida leva menos de 10 minutos e a passagem custa 200 yens (cerca de 2 dólares) o trecho.

Shirakawa-go, Japão

GASSHO MUSEUM
Do outro lado da vila, depois de uma ponte suspensa e próximo ao estacionamento dos carros e ônibus de excursão, fica o Gassho Museum, que reúne diversas casas em estilo gassho. Lá eles agruparam diversos tipos de casas diferentes para exibição e preservação de um dos maiores patrimônios de Shirakawa-go. 

Shirakawa-go, Japão
Shirakawa-go, Japão
Para quem quiser fazer a visita, a entrada custa 600 yens (cerca de 6 dólares)

A vila de Shirakawa-go tem uma boa estrutura para turistas, com vendinhas, lojas de souvenirs e restaurantes, muitos deles com um jeito meio caseiro e improvisado, mas nunca desarrumado e desajeitado.
Shirakawa-go, JapãoShirakawa-go, Japão

Apesar do turismo típico e pacato da região, caminhar sem roteiro e sem preguiça por toda a vila é a melhor forma de descobrir os seus cantinhos mais vazios e tranquilos. Ver a agricultura local, os espantalhos das plantações, as casas de moradores, as bicicletas e os brinquedos nas portas, as roupas penduradas no varal é sentir a alma de Shirakawa-go.

Shirakawa-go, Japão

COMO CHEGAR

Shirakawa-go, Japão

Horários dos ônibus

Shirakawa-go – Takayama

6h43 / 9h35* / 10h20* / 10h45 / 11h15 / 12h05* / 12h15* / 13h15 / 13h35* / 14h35* / 15h15 / 16h15 / 17h20* / 17h30 / 19h43**

Takayama – Shirakawa-go

7h50* / 8h20* / 8h50 / 9h50 / 10h50 / 11h25* / 11h50 / 12h20* / 12h50* / 13h50 / 14h30* / 14h50 / 15h50* / 16h30* / 17h50 / 19h**

* apenas com reserva
** funciona de segunda a sexta, exceto nos feriados (13 a 15 de agosto / 29 de dezembro a 03 de janeiro)

As passagens nos horários sem asterisco não podem ser reservadas, é por ordem de chegada. Recomendamos chegar 30 minutos antes do horário de partida, porque as filas costumam ficar grandes.

Preço: 2210 yens o trecho, cerca de US$ 22.

Fonte: lávainana



Panorama aéreo da construção da Ponte Hutong sobre o Rio Yangtzé

Panorama aéreo da construção da Ponte Hutong sobre o Rio Yangtzé

Resultado de imagem para Shanghai a NantongPanorama aéreo da Ponte Hutong (Shanghai-Nantong) do Rio Yangtzé em construção, a 28 de agosto de 2017.
A Ponte Hutong, que liga Shanghai a Nantong, na província de Jiangsu, começou a ser construída em 2014.
    Resultado de imagem para Shanghai a Nantong
Panorama aéreo da construção da Ponte Hutong sobre o Rio Yangtzé  Panorama aéreo da construção da Ponte Hutong sobre o Rio Yangtzé
Com o comprimento total de 32,4 km, esta é uma das pontes rodoferroviárias suspensas mais longas do mundo, e, após a sua conclusão em 2019, ajudará a reduzir o tempo de viagem entre as cidades para uma hora. 
Panorama aéreo da construção da Ponte Hutong sobre o Rio Yangtzé
Fonte: Diário do Povo Online

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Como é andar de trem-bala no Japão


Resultado de imagem para wallpaper trem bala japao

Com alguns dos trens mais velozes do mundo,Japão possui desde o 1964 a rede ferroviária Shinkansen, que atualmente é operada pela empresa Japan Railways. Ela opera o primeiro trem de alta velocidade no mundo, que atinge até 300 quilômetros por hora, mas em testes já chegaram até 600 quilômetros por hora.

Os trens são seguros, rápidos, pontuais e excelentes para quem seja conhecer as cidades que ficam mais distantes umas das outras. Além da rapidez, viajar de trem não te obriga a chegar horas antes para o check-in e você embarca junto com a mala, não precisando se preocupar quanto aos itens que podem ou não podem entrar na bagagem.

Resultado de imagem para wallpaper trem bala japao
Nas plataformas de embarque há sempre funcionários, por segurança, verificando e permitindo a partida dos trens. Quando chegam às estações, mesmo não parando, a velocidade é diminuída e por isso não é possível ver a real velocidade que eles andam. 

Se você estiver utilizando o Japan Rail Pass terá acesso livre a todas as linhas de trem operadas pela JR, que inclui o trem-bala e outros (com exceção do trem Nozomi, um super-expresso). Para vagões de primeira classe e para reserva de assentos há taxas adicionais.


Para quem não estiver utilizando o Japan Rail Pass os valores dos tickets são de acordo com a distância.

Os trens contam com banheiro e cafeteria. Nos vagões convencionais as poltronas não são luxuosas e não reclinam muito, mas o espaço entre elas é bom, cabendo até mesmo uma mala pequena.

Conheça o trem através das fotos abaixo.

Imagem
Imagem  Imagem
Imagem  Imagem
Imagem  Imagem
Resultado de imagem para trem bala np japão

Conclusão:
Atravessar o Japão de trem é muito fácil e confortável. É muito agradável poder observar as belas paisagens do país enquanto ocorre o deslocamento entre as cidades. 


Fonte: falandodeviagem.com.br