Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Ninguém deve estimular exportações com desvalorização competitiva de moeda, diz Xi

  Washington - O presidente chinês, Xi Jinping, disse que nenhum país deve estimular exportações com desvalorização cambial competitiva sob o contexto de fraco crescimento econômico mundial e tumultos no mercado financeiro global.


Ele fez as observações ao se reunir com seu homólogo dos Estados Unidos, Barack Obama, em Washington no âmbito da quarta Cúpula de Segurança Nuclear.

Xi disse que as duas maiores economias do mundo devem fortalecer a coordenação de suas políticas macroeconômicas para impulsionar juntamente um crescimento forte, sustentável e equilibrado da economia mundial.

"A China está pronta para trabalhar com os Estados Unidos para a conclusão em breve de nossas negociações sobre um tratado de investimento bilateral, que será mutuamente benéfico", declarou o presidente chinês.

Estatísticas mostram que a China se tornou o maior parceiro comercial dos Estados Unidos no ano passado, com o volume comercial de quase US$ 560 bilhões. Em 2015, houve recorde de comércio bilateral, investimento bidirecional e número de intercâmbios de pessoal.

Fonte: Agência Xinhua

Nenhum comentário:

Postar um comentário