Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Muitos traços ocidentais num pais oriental.......conheça um pouco de Cingapura.

Cingapura consegue oferecer o melhor da Ásia mantendo traços ocidentais que tanto dão conforto e segurança a muitos viajantes que querem conhecer esse lado do globo.



Vídeo publicado em 09/05/2012 pela Rede Globo

Em único lugar, é possível ter o melhor que o Ocidente e o Oriente têm a oferecer em um ambiente acolhedor e que dá todo o suporte que o turista necessita para desbravar um novo destino.
Mas então, o que torna Cingapura um destino diferenciado na Ásia e a porta de entrada ideal para quem quer desbravar outros cantos desse enorme continente asiático?
Nada de estresse linguístico! O inglês é uma das línguas oficiais em Cingapura e grande parte da população consegue se comunicar usando essa língua. 
Muitos destinos em um só! Com uma população formada principalmente por chineses, indianos e malaios, além de um sem número de estrangeiros (ocidentais e asiáticos) que vivem e trabalham na cidade país, ela oferece a possibilidade ter contato com uma enorme diversidade étnica e cultural. Poder passar a manhã em um bairro indiano, a tarde em um bairro de forte influência muçulmana e a noite em outro aonde se preserva as bases chinesas, tudo sem deixar de falar inglês, não tem preço.
Gastronomia! Em poucos lugares do mundo será possível ter contato com tanta diversidade gastronômica.

Segurança. De dia ou de noite Cingapura é uma das cidades/países mais seguros do mundo. 
  • Deslocamentos sem estresse! A cidade oferece uma série de opções de transportes públicos (metrô, ônibus, water táxis e táxis) eficientes, baratos e de fácil entendimento de seu funcionamento.

  •  Limpeza: Cingapura, assim como o Japão, destaca-se pela sua limpeza e pela preocupação com a higiene em vários aspectos da sua vida cotidiana, incluindo a preocupação com a fiscalização da comida de rua. Por exemplo, ela consegue ter o bairro indiano mais limpo do planeta, sem perder toda a cultura, aromas e agitação que só a Índia tem.
  • Suporte ao turista. Não importa se você vem em grupo ou de forma independente, a trabalho ou a lazer, as autoridades de turismo de Cingapura (STB – Singapore Tourist Board) e o Aeroporto de Changi têm ações constantes focadas em dar o suporte necessário ao turista. Você vai contar com informações de qualidade e um cuidado quase pessoal que são frutos de um trabalho sério e focado no que o turista precisa. Para completar, Cingapura não exige visto para turistas brasileiros. Assim, tendo em mãos apenas o seu passaporte, você já está habilitado a conhecer o que Cingapura tem a oferecer.

Little India

  • Sri Veeramakaliamman Temple, Singapore

                                                       Dentro de uma política de segregação étnica mantida pelos antigos colonizadores ingleses , acabou nascendo a Little India.

Sri Veeramakaliamman Temple, SingaporeEla permaneceu fiel às suas tradições mesmo depois da implantação da nova política de harmonia social, instaurada após a independência de Cingapura, que pôs um fim a esse tipo de fomento à segregação.
Little India talvez seja o bairro étnico de Cingapura que mais guarda traços da comunidade que o formou. Inicialmente com forte influência da cultura Tamil (região ao sudoeste da Índia de onde vieram os primeiros imigrantes indianos), hoje ela guarda traços das várias culturas e religiões que formam a Índia. Não é difícil encontrar mulheres usando saris ou homens usando as diversas vestimentas tão comuns na grande Índia.
Little India, Singapore
Serangoon Road, principal rua do bairro, em um ambiente muito colorido, cheio de aromas e com calçadas estreitas agrupam-se lojas vendendo temperos, frutas, legumes e hortaliças, arranjos florais, tecidos, jóias, doces, roupas, musicas, filmes, enfim, tudo que a grande Índia tem a oferecer. 

Chinatown

Chinatown Visitor Centre, Singapore
Thian Hock Keng Temple, SingaporeComo Little India, Chinatown nasceu da política de segregação étnica mantida pelos antigos colonizadores ingleses. Quando Sir Stamford Raffles começou a planejar o urbanismo de Cingapura, ele reservou à minoria chinesa (hoje, etnia majoritária) toda a região ao sudoeste do Singapore River (Rio Cingapura). Dentro dessa região, cada clan chinês foi disposto em uma área diferente.
Chinatown, SingaporeApesar da Chinatown de Cingapura encontrar-se hoje em uma cidade aonde 70% da população tem ascendência chinesa, o que na teoria esvaziaria um pouco sua importância, ela é um bairro étnico que oferece uma excelente oportunidade de saborear as mesclas culturais e étnicas que são a marca registrada dessa nação e ao mesmo tempo visitar o legado vivo da população chinesa, uma das etnias que formam a espinha dorsal da história do país.
As ruas Mosque Street, Pagode Street Temple Street e Smith Street guardam um ambiente muito colorido e vivo. Como uma boa parte dessas ruas foi reformada recentemente, as casas antigas brilham preciosamente refletindo os diferentes estilos arquitetônicos característicos do bairro.

Arab Quarter (Kampong Glam)

Sultan Mosque, Singapore

Sultan Mosque, SingaporeArab Quarter (bairro árabe) de Cingapura, que é também conhecido como Kampong Glam, é uma área muito pequena formada por algumas poucas ruas no entorno da Sultan Mosque(Mesquita do Sultão).
No mapa, pode-se notar muito bem o contorno do bairro, que é limitado pelas Victoria Street, Jalan Sultan, Beach Road e Arab Street.

Arab Quarter / Kampong Glam, SingaporeAi se encontra o coração da Cingapura muçulmana. Coração porque ali bate mais forte a rica cultura muçulmana, mas ele está longe de ser um gueto, já que influências da cultura muçulmana e suas mesquitas podem ser vistas em vários outros pontos da cidade.
Atualmente, Arab Street é uma autêntica Meca das lojas de tecidos, tapetes, saris, batiks, couro e perfumes, Você pode passar um bom tempo só entrando e saindo das lojas e absorvendo a atmosfera do bairro.

Marina Bay

Marina Bay, Singapore

Gardens by the Bay, SingaporeA região de Marina Bay é sem dúvida o maior exemplo de como Cingapura consegue se reinventar ano após ano.
Grande parte da área que constitui Marina Bay foi aterrada na década de 70. Dentro do processo de aterramento, o Singapore River foi redirecionado para desaguar dentro da bahia e não mais diretamente no mar.
  • Marina Bay continua sendo palco de grandes construções. O Gardens by The Bay (gigantesco parque/jardim botânico) 

AEROPORTO DE CINGAPURA

Changi Airport, Singapore

Changi Airport, Singaporeaeroporto de Changi, ou simplesmente Changi como é conhecido, está sempre no topo da lista dos melhores aeroportos do mundo. Muitos como estes que escrevem este guia acreditam que ele é o melhor aeroporto do mundo.
Changi Airport, SingaporeMuito de seu sucesso está depositada em uma filosofia de serviços que eles chamam de “Changi Experienceque além de focar em assegurar uma imigração rápida e indolor (dentro dos limites que processos como esses estão submetidos) e de uma retirada simples e rápida das bagagens, tudo é pensado para proporcionar uma série de serviços, facilidades e experiências que possam ser agradáveis ou mesmo divertidas aos seus usuários independente se chegam, se partem, se fazem apenas conexões no aeroporto ou se trabalham nele. O interessante é que essa filosofia de serviço é passada a todos que atuam no aeroporto, independente de estarem diretamente subordinados a sua administração.
Changi Airport, Singapore
Changi Airport, SingaporeOferecendo vários playgrounds para crianças, jardins de todo tipo (cobertos e ao ar livre), umapiscinacinemas, um borboletário, áreas de descanso e relaxamento, máquinas de massagens para os pés, acesso gratuito à Internet (seja WiFi ou por meio de computadores disponíveis nas áreas internas), salão de jogos eletrônicos, inúmeras lojas e opções para alimentação para todos os gostos e bolsos (inclusive uma food court), um supermercado, lavanderia, City Tours grátis e até um escorregador com 12 metros de altura, Changi costuma superar nossas expectativas em termos de aeroportos. Isso tudo mantendo preços semelhantes aos cobrados no centro da cidade. Assim, passeando por Changi, em alguns momentos esquecemos que estamos em um aeroporto.

Fonte: Guia de Cingapura

 Gostou deste post sobre Cingapura, a CHINATUR, tem um projeto especialmente feito para você, consulte aqui >>>




Nenhum comentário:

Postar um comentário