Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Especialistas chineses restauram coroa de 1,4 mil anos

Especialistas chineses restauram coroa de 1,4 mil anos

Xi' an, 7 set - Arqueólogos chineses restauraram uma coroa real de 1,4 mil anos, que pertenceu à esposa do Imperador Yang de Sui, o segundo e último rei da Dinastia Sui (581-618).
A coroa foi descoberta na tumba da rainha, conhecida como Imperatriz Xiao, em 2012, na cidade de Yangzhou, na Província de Jiangsu, no leste do país.

Especialistas chineses restauram coroa de 1,4 mil anos
É a mais antiga coroa oficial de uma rainha encontrada na China até agora.
Os arqueólogos desenterraram a coroa de uma caixa de madeira podre perto do caixão da rainha e a enviaram para um laboratório de restauração de relíquias do Instituto de Proteção de Relíquia Cultural, na Província de Shaanxi, no noroeste.
Especialistas chineses restauram coroa de 1,4 mil anosA coroa foi fabricada com uma variedade de materiais, incluindo arames de bronze, ouro, pérolas, algodão e seda.
Shu Jiaping, chefe do Instituto de Arqueologia de Yangzhou, indicou que a pesquisa de laboratório ajudou a redescobrir materiais e técnicas antigas usadas para produzir uma coroa real.
Fonte: Agência Xinhua


Nenhum comentário:

Postar um comentário