Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Show Aéreo da China contará com presença de aeronaves Legacy 650 e Lineage 1000E da Embraer

Legacy 650

A Embraer S.A., conglomerado transnacional brasileiro e uma das maiores fabricantes de aeronaves do mundo, marca a presença na 11ª Exibição Internacional de Aviação e Aeroespaço da China (Show Aéreo da China), inaugurado nesta terça-feira, em Zhuhai, com os jatos Legacy 650 e Lineage 1000E. Os dois jatos executivos serão exibidos estaticamente durante o show.
Os visitantes poderão experienciar a tecnologia avançada e o seriado em realidade virtual (RV) do E2, um jato da série Embraer E-Jets, por meio do uso de óculos de realidade virtual em zona designada.
Guan Dongyuan, Vice-Presidente Sênior da Embraer e Presidente da Embraer China, disse: “O ano de 2016 marca o início do 13º Plano Quinquenal da China. O governo chinês segue de perto a indústria aeronáutica, tanto através da construção de novos aeroportos no país como da divulgação de uma série de políticas preferenciais para incentivar o seu desenvolvimento. Sendo a única fabricante do mundo que oferece produtos aeronáuticos do nível básico ao executivo, a Embraer dedica-se a fornecer aos clientes chineses produtos com qualidade fiável, eficientes, e um serviço de excelência.”
                                                                                       Lineage 1000E
Nos últimos anos, a Embraer tem sido líder do mercado de aviação regional da China, ocupando cerca de 80% do setor. A empresa brasileira assinou contratos com as empresas chinesas Colorful Guizhou Airlines e Colorful Yunnan General Aviation, acrescentando cinco E190 e dois Phenom 300 às frotas aéreas das empresas.
A empresa soma 228 pedidos no mercado chinês, incluindo 190 aviões comerciais, 21 dos quais ainda estão ainda pendentes de aprovação governamental, e 38 jatos executivos. Até ao fim de outubro, 170 aviões foram já entregues. 
Fonte: Diário do Povo Online

EMBRAER - Empresa Brasileira de Aeronáutica





Nenhum comentário:

Postar um comentário