Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quarta-feira, 1 de março de 2017

Cidades centrais da China construirão mais ferrovias de levitação magnética


Changsha, 1º mar - A Província de Hunan, no centro da China, está se preparando para construir mais linhas ferroviárias de levitação magnética (maglev) de média a baixa velocidade.
A primeira linha ferroviária maglev de média a baixa velocidade do país entrou em operação em maio de 2016 na capital provincial, Changsha, ligando a estação ferroviária do sul e o aeroporto da cidade, com uma velocidade máxima de 100 quilômetros por hora.
Changsha planeja construir outra linha maglev na Nova Área de Xiangjiang da cidade, a primeira "nova área de nível estatal" no centro do país, segundo a comissão municipal de desenvolvimento e reforma no início deste mês.
Após o lançamento do trem, uma viagem até a estação ferroviária do sul durará apenas 30 minutos, e 45 minutos até o Aeroporto de Huanghua de Changsha.
Resultado de imagem para maglev chinesUma outra linha maglev deve ser construída ainda neste ano na cidade de Zhuzhou na província. A linha de 27,9 quilômetros terá 24 paradas e entrará em operação após um período de construção de três anos, de acordo com o governo da cidade.
Os trens de média a baixa velocidade produzem pouco barulho, segundo Peng Qibiao, chefe do instituto de pesquisa maglev da CRRC Zhuzhou Locomotive Company.
Resultado de imagem para maglev chines"Os trens maglev são mais seguros e baratos em relação aos metrôs e ferrovias urbanas. Eles também podem operar em tempo severo, com zero emissões", disse Peng.
Beijing também aguarda sua primeira linha ferroviária maglev de média a baixa velocidade, que entrará em operação neste ano.
Fonte: Agência Xinhua





Nenhum comentário:

Postar um comentário