Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Palácio de Potala, um palácio no teto do mundo

Palácio de Potala, um palácio no teto do mundo

Palácio de Potala, um palácio no teto do mundoPalácio de Potala, um palácio no teto do mundo

O Palácio de Potala está localizado em Lhasa, capital da Região Aunôtoma do Tibete, no sudoeste da China. Foi a principal residência do Dalai Lama. Atualmente o palácio funciona como museu. O seu nome é uma referência ao Monte Potala, a morada de Cherenzig (ou Avalokiteshvara), o bodhisattva que representa a compaixão de todos os budas.

Palácio de Potala, um palácio no teto do mundoPalácio de Potala, um palácio no teto do mundo
Palácio de Potala, um palácio no teto do mundoPalácio de Potala, um palácio no teto do mundo

O Lugar foi usado como refúgio de meditação pelo Rei Songtsen Gampo, que construiu, em 637, o primeiro palácio em honra da sua noiva, a Princesa Wen Cheng da Dinastia Tang da China. A construção do atual palácio começou em 1645, durante o reinado do quinto Dalai Lama, Lozang Gyatso. Em 1648, o "Potrang Karpo" (Palácio Branco) foi concluído, e o Palácio de Potala passou a ser usado como palácio de Inverno pelo Dalai Lama a partir dessa época. O "Potrang Marpo" (Palácio Encarnado) foi acrescentado entre 1690 e 1694.

Palácio de Potala, um palácio no teto do mundo

Fonte: Diário do Povo Online


Lhasa (3n) – Gyantse (1n) – Shigatse (1n) – New Tingri (2n) – Shigatse (1n) – Lhasa (1n)

Chengdu (1n) – Lhasa (3n)

Beijing (3n) – Xian (2n) – Lhasa (3n) – Guilin (2n) – Shanghai (2n)


Nenhum comentário:

Postar um comentário