Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Cinco bilhões de viagens de passageiros são feitos em trens-bala da China

Beijing, 22 jul - Em oito anos, mais de 5 bilhões de viagens de passageiros foram feitos nos trens-bala chineses, segundo os dados do operador de ferrovia nacional.
Desde sua estreia em 2008, a ferrovia de alta velocidade (HSR, na sigla em inglês) da China viu um crescimento anual médio de mais de 30% em viagens de passageiros, informou a Companhia de Ferrovias da China (CRC, na sigla em inglês) na quinta-feira, o dia em que a China anunciou planos para dobrar seu comprimento de HSR até 2025.
Em 2015, mais de 1,1 bilhão de viagens de passageiros foram feitas pelos trens-bala, mais de 45% do total da movimentação de passageiros de trem do país.
Cerca de 4,2 mil trens-bala operam todos os dias, facilitando mais de 4 milhões de viagens de passageiros, segundo um funcionário do site oficial para venda de bilhetes de trem, 12306.com.
Além da velocidade, existem muitas outras razões atrás do crescimento nas viagens de passageiros, incluindo a acessibilidade, segurança e a pontualidade.
Os 19 mil quilômetros de trilhos de alta velocidade da China representam 60% do total mundial. Fazem parte de uma rede nacional de 40 mil quilômetros, que agora conecta quase todas as cidades capitais provinciais e cidades com mais de 500 mil moradores.
"A China é a maior construtora e operadora de HSR do mundo, o país com perícia técnica mais abrangente e o gerente mais experiente", disse Sun Zhang, professor da Universidade de Tongji em Shanghai.
A corrida para construir está sendo feita sem transigência em segurança. A rede ferroviária da China, com a maior frota de trens-bala do mundo, tem o melhor histórico de segurança do mundo, segundo os dados compilados pela União Internacional de Ferrovias e Agência Europeia de Ferrovia.
Além disso, a pontualidade dos trens de alta velocidade é alta -- 98,8% para partidas e 95,4% para chegadas até o final de 2015.
Fonte: Agência Xinhua

Nenhum comentário:

Postar um comentário