Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Cientistas chineses desenvolvem papel resistente à água e fogo

Em janeiro de 2015, um incêndio acontecido em uma das maiores bibliotecas universitárias na Rússia danificou mais de um milhão de documentos históricos, incidente denominado pelos media como “Chernobyl Cultural”. 
Os documentos de valor contemporâneos podem agora prevenir este tipo de tragédia graças a um novo tipo de papel resistente ao fogo, desenvolvido por uma equipe de cientistas no Instituto de Cerâmicas de Shanghai, afiliado à Academia Chinesa de Ciências.
Zhu Yingjie, um pesquisador do instituto, junto com seus colegas, desenvolveu um método para produzir papel com um novo material, hidroxiapatita, o constituinte inorgânico do esmalte dentário e dos ossos, resistente tanto a água como ao fogo.


Em 2013, um estudante doutorando de Zhu criou um nano fio de hidroxiapatita e, quando filtrou a água e continuou a experiência, descobriu que em vez de obter o pó de hidroxiapatita no papel de filtro, uma membrana foi formada.
A descoberta inspirou Zhu, que realizou mais experiências a fim de melhorar as propriedades físicas do material.
“A maneira tradicional de fabrico de papel prejudica a madeira natural e o meio-ambiente. O nano fio de hidroxiapatita é um material ideal para produzir papel”, concluiu Zhu.
Fonte: Diário do Povo Online
Resultado de imagem para feliz 2017 em chines

Nenhum comentário:

Postar um comentário