Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Cientistas chineses desenvolvem papel de parede resistente ao fogo

Beijing, 11 mai  -- Cientistas chineses desenvolveram um papel de parede que não apenas pode resistir ao fogo mas também o detecta e aciona um alarme.
Resultado de imagem para papel de paredeA inovação foi criada pelo Instituto de Cerâmica de Shanghai da Academia Chinesa de Ciências.
A maior parte dos papéis de parede no mercado atualmente é feita de material altamente inflamável, como fibras de celulose ou polímeros sintéticos, os quais podem propagar o fogo em vez de preveni-lo.
O novo modelo pode aguentar até 1000ºC. É feito de um papel nanoalámbrico de hidroxiapatita inorgânico resistente ao fogo e um sensor de temperatura de óxido de grafeno. O sensor é aderido através de um simples processo de destilação utilizando uma tinta com óxido de grafeno. Logo se conecta ao cabo de metal como um eletrodo.
O óxido de grafeno não é eletricamente condutivo à temperatura ambiente, mas pode se tornar diante de elevadas temperaturas, o que gera um alarme de incêndio.
Resultado de imagem para papel de parede na china
O papel de parede é muito flexível e pode ter diversas formas, cores e estampas.
A pesquisa foi publicada na revista ACS Nano em março.
Zhu Yingjie, chefe da equipe, explicou que, embora o papel de parede ainda esteja em fase inicial de pesquisa, o grupo de cientistas está explorando uma tecnologia para a produção em massa a baixos custos.
"Também estamos pesquisando mais aplicações do novo papal inorgânico resistente ao fogo, o que pode ser utilizado em outros campos para preservar importantes documentos de papel, separadores de bateria, cabos de fibra óptica retardantes de chamas, papel catalítico, e aparelhos eletrônicos flexíveis", disse Zhu.
Fonte: Agência Xinhua

Nenhum comentário:

Postar um comentário