Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

VIAGEM A CHINA para apreciar os recursos naturais da província de Guizhou

Resultado de imagem para Guizhou



O distrito de Libo localiza-se na região montanhosa da província de Guizhou, onde os recursos naturais são abundantes.


O local possui uma zona biológica de Karst, e é conhecido como "esmeralda da Terra". Nos últimos anos, o distrito de Libo tem aproveitado os recursos naturais para desenvolver o turismo, explorando um novo tipo de turismo que combina paisagismo e educação patriótica. Os turistas visitam o local para não só apreciar as paisagens naturais mas também para conhecer a história do país.


Resultado de imagem para distrito de Libo china


"Ao desenvolvermos o turismo, prestamos também atenção na construção de infraestruturas". 


Pontos turísticos de Guizhou


Resultado de imagem para distrito de Libo china


Quando visitar a província de Guizhou, dois cenários paisagísticos devem ser essenciais na sua lista, a primeira são os Relevos de Danxia e a outra é a cachoeira. A cachoeira Chishui, localizada a 39 km da cidade de Chishui, e a cachoeira Huangguoshu, na cidade de Anshui. Elas são duas das cachoeiras mais famosas de Guizhou.

Resultado de imagem para distrito de Libo chinaAlém da cachoeira, existem também outras paisagens bem bonitas nas proximidades, incluindo caminhos de história centenária, pedras cáusticas, lagos e campos de plantação de chá. Os moradores locais chamam Chishui a cidade das mil cachoeiras. Embora um pouco exagerado, certamente há muitas, como por exemplo, as cachoeiras Sidonggou, Danxia, Yanziyan ... e todas com as suas próprias histórias, lendas e mistérios .

Resultado de imagem para distrito de Libo chinaA Reserva Natural de Chishui é uma zona protegida a nível nacional e que possui um tipo de árvore bem antiga, chamada de Cyathea spinulosa. Essa reserva é também chamada de "Parque Jurássico da China", porque essa espécie de árvore sobrevive desde o tempo jurássico.



Fonte: CRIOnline


Nenhum comentário:

Postar um comentário