Digite aqui o assunto que busca

Siga-nos por e-mail

terça-feira, 27 de março de 2018

Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia


Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia

Guiyang, 27 mar - A Caverna Shuanghe, na cidade de Zunyi, Província de Guizhou, sudoeste da China, é a mais longa da Ásia e a sexta do mundo, anunciaram no sábado espeleólogos em uma coletiva de imprensa.
A pesquisa mais recente mostrou que a caverna na vila de Wenquan, distrito de Suiyang tem cerca de 238,48 quilômetros de comprimento, ultrapassando a Clearwater, na Malásia, que era considerada a mais longa da Ásia.
A caverna cárstica foi descoberta no fim da década 1980. Desde então espeleólogos chineses e estrangeiros já realizaram 19 grandes expedições, identificando 203 entradas para ela.
Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia
Há muitas cavernas escondidas em cada uma das muitas montanhas de Suiyang. As cavernas de Shuanghe são consideradas entre as melhores da China, logicamente, as cavernas Shuanghe atraem um maior número de turistas estrangeiros. Foi o único ponto turístico da província de Guizhou incluído na lista dos "50 Melhores Destinos para os Turistas Estrangeiros", feita pelo jornal Global Times em 2006. Desde então, o número de visitantes vem aumentando.
Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia

Localizado a cerca de 50 km da cidade de Suiyang, o complexo Shuanghe aparece escondido entre as montanhas. Dois rios convergem na área; daí o nome Shuanghe, que significa "dois rios" em chinês.
Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia
O relevo cárstico de Shuanghe é composto de três camadas ou andares. Oito grandes cavernas se ramificam em 118 cavernas. Quatro rios subterrâneos delineiam 23 saídas. A extensão total do complexo de Shuanghe é de cerca de 238,48, tornando-se o maior complexo de cavernas da China.
Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia
O que torna a Shuanghe única é a sua antiguidade, já que a camada de dolomita se acumulou por 400 milhões de anos. Certamente, é muito raro encontrar no mundo tantas cavernas com esse tipo de estrato e, por essa razão, elas são estudadas por geólogos de todo o mundo.
Caverna Shuanghe, em Guizhou, é declarada a mais longa na Ásia
Fonte: Agencia: Xinhua / chinatoday.mx

Nenhum comentário:

Postar um comentário